Alimentação x Celulite: como desintoxicar, desinflamar e melhorar a circulação | We Fashion Trends
Alimentação Saúde Saúde da Mulher

Alimentação x Celulite: como desintoxicar, desinflamar e melhorar a circulação

24 de julho de 2017

alimentação e celulite

A celulite é causada pelo depósito irregular bem abaixo da superfície da pele que produz esse efeito de ondulação. Também pode ser resultado da sensibilidade do organismo ao hábito alimentar. Existem pessoas que desenvolvem alergia a alimentos com corantes, conservantes e agrotóxicos, pois o organismo pode ainda não ter enzimas suficientes para quebrar as moléculas de alguns tipos de proteína (da carne vermelha e do leite, por exemplo), o que dificulta o trabalho dos rins na eliminação das toxinas pela urina e, com isso, aumenta o inchaço.

A gordura em excesso aumenta o tamanho das células adiposas, empurrando-as para as camadas mais próximas da pele. Comprimidas ali provocam edemas (inchaço) e o acúmulo de líquido entre elas, que faz com que apareçam as ondulações. Entretanto, a celulite não é apenas causada pela gordura, pois até mesmo a mulher mais magra, muito frequentemente, sofre de celulite. Ela é, na verdade, causada pelo efeito da gordura e dos tecidos conjuntivos musculares, em conjunto.

Com uma dieta capaz de desintoxicar, desinflamar e melhorar a circulação reduz a celulite, além de promover o emagrecimento.

VEJA MAIS

Alimentação associada à prática de atividade física são as principais ferramentas para eliminar a celulite. O exercício auxilia porque diminui a gordura corporal, melhora a circulação e tonifica os músculos. O aumento da circulação auxilia a manter a pele e o tecido conjuntivo saudáveis e elásticos, diminui a retenção de líquidos e auxilia a eliminar impurezas. As regiões que costumam ser mais afetadas pela celulite são as pernas, quadris e abdômen, locais mais comuns da inflamação do tecido adiposo.

como acabar com a celulite no bumbum

Os alimentos ricos em potássio e silício tem efeito diurético e evitam a retenção de líquido, diminuindo os edemas. A combinação do potássio e silício com magnésio, cálcio e vitamina B6 não só diminui o inchaço como também ajuda a regularizar o metabolismo e melhorar o equilíbrio hormonal (hormônios em desequilíbrio impedem a eliminação da celulite). Alimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais aumentam a capacidade do intestino absorver nutrientes essenciais, responsáveis pelo bom funcionamento e pela renovação das células. Sendo assim, não basta somente a redução de calorias e sim as escolhas alimentares.

ALIMENTOS ANTI-INFLAMATÓRIOS

alimentos saudáveis

Uma dieta que combate a celulite inclui alimentos fontes de antioxidantes com um conjunto vitamínico composto por Vitamina E, Vitamina C, zinco, selênio e ômega 3. Todos eles são responsáveis por reduzir substâncias pró-inflamatórias que o excesso de gordura promove.

A vitamina C também deve estar presente em sua alimentação. Ela tem efeito antioxidante, ou seja, protege contra os radicais livres, agentes que aceleram o envelhecimento da pele e dos tecidos, como a laranja, limão, acerola, alcachofra (também tem ação diurética, contribuindo para a eliminação de que toxinas) e gengibre (também tem efeito antioxidante, além de acelerar o metabolismo.

É mais eficaz quando consumido cru. Pode ralar em cima da salada ou tomar com suco de melancia, por exemplo). Melancia e tomate
são antioxidantes e ricos em licopeno, substância que melhora a circulação sanguínea. No caso do tomate, o melhor é consumir em forma de molho. As frutas vermelhas também têm ação antioxidante, como morango, açaí, framboesa e amora.

frutas saudáveis

As frutas são essenciais em qualquer dieta, para fornecer uma gama de vitaminas e fibras. A maioria das frutas também possui alto teor de líquidos e baixas calorias, tornando-as ideais para perder peso e acabar com a celulite. Banana e papaia são particularmente efetivas na prevenção da celulite, em função de seu alto teor de potássio. O potássio diminui a retenção de água e aumenta a drenagem linfática, o que pode melhorar a celulite, mas há pouca evidência científica que suporte essa informação, neste momento.

O boro é outra substância importante contra a celulite, pois ajuda na renovação celular e a manter o alinhamento de fibras elásticas da pele. Os vegetais verde-escuros, algas, rabanete, frutos do mar, pepino, beterraba e vegetais contem boro. Também ricos em nutrientes e fluidos e baixos em calorias, os vegetais são ideais para o controle de peso.

Embora faltem evidências científicas, o aspargo tem sido frequentemente sugerido como benéfico no combate à celulite, em função de seu conteúdo de ácido fólico, que auxilia na estabilização de alterações de humor e níveis de stress, o que, indiretamente, pode afetar o armazenamento de gorduras no organismo. Vegetais de folhas verdes como espinafre ou couve contêm um oxidante conhecido como luteína. Há algumas evidências que esta substância pode aumentar a hidratação e a elasticidade da pele e, dessa forma, ajudar a acabar com a celulite, em função do aumento da saúde da pele.

Uma dieta rica em proteínas magras pode gerar saciedade, levando ao consumo de menos calorias. Isto, por sua vez, leva à construção de menos células de gordura, em áreas problemáticas, diminuindo a aparência da celulite. Uma dieta rica em proteína também auxilia na construção muscular, o que pode dar uma aparência mais tonificada às áreas afetadas. Boas fontes são peixes e frutos do mar, castanhas, carne magra com a gordura visível removida e frango sem a pele.



Vegetais proteicos também podem ser benéficos para acabar com a celulite, pois auxiliam na construção de músculos ao invés de gorduras e podem assistir no fortalecimento das células existentes. Boas fontes incluem legumes, feijões e ervilhas, quinoa e trigo.

O açafrão da terra ou cúrcuma estimula a circulação e diminui a retenção de líquidos, além de ser um poderoso antioxidante. Coloque um pouco no saleiro e use para temperar a salada. O ideal é consumir 1 ou 2 colheres de chá por dia.

O silício é um mineral importante na produção de colágeno, substância que tem tudo a ver com a firmeza e elasticidade da pele. Aveia, cevada, nabo, salsa, avelã, feijão, centeio, banana e alho são ricos em silício.

Alimentos com alto teor de ácidos graxos de ômega-3 e 6 ajudam minimizar a aparência da celulite. Estes elementos também podem ser obtidos através da alimentação. Acredita-se que esses tipos de gordura melhoram a saúde dos vasos sanguíneos e, portanto, a circulação, podendo ajudar a acabar com a celulite. Boas fontes de ômega-3 incluem salmão, sardinha, canola, azeites e nozes. Ácidos graxos ômega-6 são encontrados em alimentos como óleos de açafrão e girassol e na soja.

Gorduras mono e polinsaturadas apresentaram efeitos benéficos na saúde da pele. Ao ingerir alimentos com altas quantidades desses tipos de gorduras, a saúde da sua pele pode melhorar, minimizando a aparência da celulite. Boas fontes de gorduras mono e polinsaturadas incluem castanhas e sementes, abacate, óleos vegetais, tais como, canola ou azeitonas e peixe.

Produtos integrais são fontes de valiosas de vitaminas, minerais e fibras dietéticas. Uma dieta rica em fibras para pessoas que querem evitar a celulite, é benéfica para o controle de peso e também pode aumentar a saúde da pele, por conta das gorduras saudáveis encontradas nas sementes. Para aumentar a ingestão de alimentos integrais, escolha diferentes variedades de pães integrais e cereais, arroz e massas integrais e tente alimentos como quinoa e cevada.

Manter-se bem hidratado é essencial para a saúde da pele. As células de gordura parecem mais proeminentes sob peles não saudáveis e desidratadas, portanto, beber água é essencial para melhorar a aparência das áreas afetadas. A água hidrata as células e ajuda o organismo a eliminar as toxinas e desinchar. A indicação é beber, em média, 2 litros por dia, sempre entre as refeições (até 15 minutos antes e duas horas depois do café da manhã, do almoço e do jantar). Consumir alimentos com alta quantidade de água, tais como melão, uva, tomate, vegetais de folhas e pepino fornecem quantidade extra de líquidos, como também contêm nutrientes valiosos e têm baixas calorias, o que pode auxiliar a reduzir a formação de gordura.

Os chás também hidratam a pele, as infusões de ervas como centella asiática, cavalinha, dente-de-leão e hibisco são importantes para combater a retenção de líquido, reduzir a inflamação das células e estimular a circulação. Beba 1 litro ao longo do dia, além da água.

Por: Débora Alba – CRN 13757 – Nutricionista Clinica e Esportiva

Ainda não acabou!

Veja também: Segundo estudo, era mais fácil ser magro nos anos 80 do que hoje em dia

Vem com a gente!

No nosso Pinterest têm mais!



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários