O que vestir numa viagem para a Tailândia? | We Fashion Trends
Comportamento Moda Viagem

O que vestir numa viagem para a Tailândia?

18 de fevereiro de 2016

Na Tailândia, país em que já visitei três vezes e agora estou morando por tempo indeterminado, tudo é possível e aqui você vai encontrar um cenário pra lá de exótico: campos de arroz infinitos, montanhas e pedras gigantescas, ilhas e praias deslumbrantes, templos antigos de centenas de anos atrás, trilhas e cachoeiras refrescantes e, como era de se esperar, um clima absurdamente quente e úmido na maior parte do ano, com exceção da época das chuvas que acontece com maior intensidade entre Junho e Outubro.

IMG_55061

Se você decidiu arrumar a mochila ou mala agora para viajar para esse país maravilhoso, você tem que saber que algumas peças de roupa e acessórios camaleões são imprescindíveis para sobreviver nessa terra em que o sol bate forte o dia inteiro. Vestidinhos apertados e roupas curtas são ótimas opções para passar o dia nas praias de areia clara produzindo uma boa dose de vitamina D, mas definitivamente não são adequadas para visitar templos budistas e cumprimentar monges pelo caminho, não é?

É por essas e outras que eu trouxe aqui alguns looks inspiradores para que você possa saber o que vestir sem medo de ser feliz!

TEMPLOS E PASSEIOS DO NORTE & NOROESTE

Templo Chiang Mai na Tailândia o que vestir para visitar

A parte Norte & Noroeste da Tailândia é mais fresquinha do que a parte Sul. Ou seja, se você for para Chiang Mai, Mae Hong Son, Pai ou até Chiang Rai, você poderá usar uma calça fininha que facilita a locomoção, especialmente se for andar de motocicleta para visitar locais mais afastados ou um casaquinho leve para as noites caminhando pelos mercados de rua.

NORTE_pic

Além disso, essa parte do país possui muitos templos novos e imponentes para serem visitados, então é sempre importante que você cubra as pernas ao entrar em templos budistas. Você pode usar um vestido longo ou saias até um pouco abaixo do joelho, assim como também pode vestir um sarong (uma espécie de canga grande) para amarrar na cintura e cobrir as pernas até os tornozelos. Alguns templos até fornecem gratuitamente sarongs para as mulheres vestirem antes de entrar. Fica a dica!

TEMPLOS ANTIGOS NO CENTRO-OESTE

Templo Ayutthaya o que vestir para visitar

Uma boa ideia para se situar com a história do país é visitar os templos antigos nas cidades de Ayutthaya, Sukhothai e até a menos turística Kamphaeng Phet (minha favorita). Alugue uma bike e faça as visitas aos templos de manhã cedinho, registrando as paisagens belíssimas. Só que, para isso, você vai precisar de uma roupa bem confortável para passar o dia inteiro pedalando e suando bastante.

TEMPLOS_pic

Meu conselho seria levar um chapéu para cobrir a cabeça do sol quente e evitar uma insolação, assim como vestir um macacão soltinho para ser fácil de movimentar as pernas sem que incomode a região da virilha. Se for usar maquiagem, lembre-se do tempo quente e úmido e tome cuidado para não derreter tudo e ficar com o rosto colorido. Uma mochila pequena ou uma bolsa atravessada e ajustável também são extremamente úteis para carregar o filtro solar e uns lenços umedecidos.

PARQUES NACIONAIS NO NORTE & SUL

the surreal Phraya Nakhon Cave and throne pavilion in Khao Sam Roi Yot National Park in Thailand

Se o que você gosta mesmo é explorar a natureza através de trilhas mata adentro e encontrar cachoeiras de tirar o fôlego, você vai amar os incríveis Parques Nacionais na Tailândia. Khao Yai National ParkPha Taem National Park estão no Nordeste do país e são bem grandes com trilhas longas, Kaeng Krachan National Park, Khao Sok National Park e Khao Sam Roi Yot National Park são mais populares no Sul. Eu, particularmente, gostei muito do Erawan National Park, próximo de Kanchanaburi, na região central do país.

PARQUES_pic

Para caminhar pelos parques, você terá que ir bem equipada com um par de tênis confortável, repelente e muita água para se hidratar. Não esqueça do bíquini para entrar nas cachoeiras, lagos e rios e, em alguns casos, em praias desertas e escondidas. É muito comum que nativos não usem trajes de banho para entrar na água, eles geralmente pulam de camiseta e shorts, mas não se acanhe: vai de cada um nadar do jeito que quiser. Leve um chapéu ou boné para proteger a cabeça, óculos escuros e vá com uma roupa que possa sujar e molhar. Ah! É normal que os peixinhos belisquem os dedos do pé e puxem a pele morta, então não se assuste muito quando isso acontecer debaixo d’água, pois não machuca nada e é quase um pedicure de graça!

MERCADOS DE RUA & MERCADOS FLUTUANTES

mercado Taling Chan na tailândia

Os mercados tailandeses são um show à parte, tanto de comes e bebes, como de produtos variados. O Chatuchak, em Bangkok, é o maior mercado da Tailândia, com mais de 8.000 lojinhas em um complexo gigantesco e é tudo muito, mas muito barato mesmo. No entanto, todas as cidades possuem mercados de rua com tudo o que você puder imaginar. De gostosuras deliciosas a comidas estranhas como escorpiões e baratas, de vestidos estampados com elefantes coloridos a roupa chinesa antiga formal. O importante é garimpar!

MARKETS_pic

Para visitar esses mercados, especialmente os flutuantes como o Thaling Chan, Khlong Lat Mayom, Kwan Riam ou até o Lam Phaya, vá de shortinho. Você terá que caminhar bastante, levantar e sentar várias vezes nas mesas, agachar e se debruçar nos barcos, tropeçar em buracos, pisar em tábuas de madeira, desviar de crianças correndo ou de ratos do tamanho de gatos… tudo pode acontecer nesses mercados imensos. Por isso, esteja sempre de bom humor e pronta para negociar os valores com os vendedores, use uma camiseta ou regata soltinha porque você irá suar bastante! Leve uma bolsa colada ao corpo e com fácil acesso ao seu dinheiro.

PRAIAS E ILHAS PARADISÍACAS DO SUL

ilha Phuket na Tailãndia o que vestir

Para se preparar para o calor absurdo e o sol forte das praias, não se esqueça de levar o filtro solar, óculos escuros e chapéu. As ilhas tailandesas são mesmerizantes, cada uma com sua natureza impecável, águas cristalinas ou esverdeadas, areia branquinha e um céu azul de deixar qualquer um boquiaberto. Uma coisa é certa, você jamais irá se decepcionar com a beleza natural de ilhas como Phuket, Ko Samui, Ko Tao, Ko Pha Ngan, Ko Lanta, Ko Phi Phi e muitas outras de beleza extraordinária.

PRAIAS_pics

Aí não tem erro quando se trata de praia, né. Bota um chinelo estilo Havaianas e um biquíni brasileiro, vista um vestidinho curto por cima ou saída de praia básica e saia desfilando pela areia macia. A verdade é que o calor é tamanho que você vai estar sempre procurando uma sombra desesperadamente para se esconder. Faça um coque firme no cabelo para não ficar suando na nuca e exponha-se ao sol somente nas horas saudáveis: de manhã cedinho até às 9:30 só e à tarde somente depois das 15:30. Não deixe de alugar um equipamento de mergulho e fazer um curso especial, refrescando-se na água cristalina e tirando muitas fotos em pose de Yoga (ou não)!

CIDADES GRANDES E HISTÓRICAS

Bangkok à noite

Com certeza você vai passar por Bangkok pelo menos por uma noite, entre uma viagem para o Norte ou para o Sul. A capital da Tailândia tem muita história para contar, complexos de templos gigantescos e muito agito à noite. Você terá milhares de restaurantes e cafeterias interessantes para experimentar, além de bares e baladas com vistas de 360º graus da cidade no topo de aranha-céus chiquérrimos. A metrópole tem muito a oferecer, então pesquise bem o que fazer e qual transporte utilizar antes de sair do hotel.

FESTA_pic

Para frequentar locais mais chiques e mais caros, você não pode ir de chinelo e roupa de viajante suada, pois eles barram a entrada de gente mal vestida, acredita? Por isso, tenha sempre à mão uma roupinha mais sedutora como um vestido preto básico ou qualquer vestido de festa bacana para entrar na balada e arrasar. Vale também trocar o chinelo e o tênis batido por umas sandálias gladiadoras ou de amarrar no tornozelo. Fique atento: sandálias assim são ótimas para festinhas e baladas, mas não para caminhar por muito tempo porque seguram a circulação do sangue nas pernas. De resto, a noite é uma criança e as baladas são ótimas! Recomendo que você use um app para celular para chamar táxi, como Grab a Taxi ou Uber. Assim você não precisa se preocupar em voltar para o hotel quando estiver de pileque no meio da madrugada.

———————————————————————————————

O povo tailandês é bastante simpático e receptivo. Estão sempre sorrindo e oferecendo ajuda, mas assim como no Brasil, existe aquela pequena parcela de indivíduos que é interesseira e buscam tirar proveito do turista de qualquer forma. Saiba evitar essas pessoas de má índoles e respeitar a religião, cultura e costumes locais. Respeito e gentileza nunca é demais, assim como paciência e empatia. :)

Vale muito a pena viajar pela Tailândia, então… o que você está esperando?

P.S.: Não recomendo nenhum tipo de turismo que explore os animais tailandeses. Não pague para visitar templos com tigres dopados, não monte em elefantes maltratados, não alimente os macacos adestrados. Qualquer tipo de indústria turística e serviços que ganham dinheiro com a exploração de animais selvagens devem ser boicotados por nós, viajantes e estrangeiros, para que esses animais tenham uma vida mais digna e possam ser livres em seus rescpectivos habitats ou reservas focadas em reabilitação.

———————————————————————————————
Estou viajando o mundo há quase 2 anos e já visitei 18 países.

Saiba mais sobre a Tailândia e minhas aventuras no blog Sexo, Viagens e Rock’n’Roll.

Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



  • Edilaine Mattes

    Ameiiiii as dicas…

Pinterest