SPFW N43: Highlights do quarto dia de desfiles | We Fashion Trends
SPFW

SPFW N43: Highlights do quarto dia de desfiles

17 de março de 2017

À La Garçonne

desfile-a-la-garçone-spfw-n43

A marca de Fabio Souza e Herchcovitch completa um ano e mostra uma trajetória extremamente focada e cada vez mais forte na construção não apenas de suas coleções, mas de imagem de moda e de um universo próprio. Alexandre trouxe de volta a sua clássica imagem de caveira, homens de saia, a influência da lingerie, símbolos fetichistas, o trabalho com xadrez e renda, os sapatos pesados.

Cotton Project

desfile-cotton-project-spfw-n43

Cotton Project apresentou uma coleção inspirada nos surfistas descansando depois de um dia de inverno no mar. Calças moles, cardigans soltos combinados com moletons, chinelões com meia, gorros, conjuntos estampados tipo pijama.

Alexandrine por Batista Dinho

desfle-alexandrine-spfw-n43

Uma marca estreante que apresentou uma coleção de prêt-à-porter, inspirada em memórias do estilista e construída artesanalmente em tramas de fitas de cetim e gorgorão e em diferentes padrões.

Juliana Jabour

desfile-juliana-jabour-spfw-n43

A estilista se inspirou no universo do motocross, que aparece na cartela de cores, nos grafismos das estampas, e também nos moletons e camisetas com estampas localizadas.  O desfile dá continuidade a pesquisa de Juliana sobre o esportivo aliado ao streetwear, trazendo uma evolução do trabalho autoral desenvolvido no cruzamento desses estilos, contrapostos a levada romântica já característica de suas criações.  A coleção se desenvolve em T-shirts, moletons, macacões, saias e vestidos.

Amir Slama

 

desfile-amir-slama-spfw-n43

O estilista mandou uma mensagem contra o assédio durante o desfile da sua coleção de Inverno 2017. Frases como “decote não é convite”, “me visto como eu quiser” e “minha saia não é permissão” foram aplicadas em diversas partes dos corpos das modelos, mas só apareciam em fotos feitas com flash, mostrando que a culpabilização da vítima ainda é invisível para muitas pessoas.

TIG

desfile-TIG-spfw-n43

Para quem não sabe, a TIG é a ex-Tigresse. A Tig é maximalista: traz volume, aplicações, transparências, estampa, bordado, brilho, assimetria, matelassê, lamê, sobreposições.

Fonte: FFW
Fotos: Zé Takahashi / FOTOSITE



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários