1 em cada 4 pessoas não querem ter filhos, segundo estudo | We Fashion Trends
Comportamento Maternidade

1 em cada 4 pessoas não querem ter filhos, segundo estudo

28 de julho de 2021

casais que não querem ter filhos

Não ter filhos. Mais e mais pessoas estão decididas a não serem pais e um estudo americano acaba de confirmar esse fenômeno.

Não querer um filho ainda é tabu em nossas sociedades, principalmente quando a decisão vem de uma mulher. A procriação é percebida pelo imaginário coletivo como um rito de passagem obrigatório para a conclusão de uma vida. No entanto, sem ofensa para alguns, ter filhos não é o sonho de todos, a prova é: cada vez mais pessoas estão assumindo que não os querem.

Ler também: Felicidade sem filhos: é egoísmo não querer ter filhos?

Não ter filhos: uma realidade que está se tornando comum

Essa realidade acaba de ser confirmada por um estudo científico americano, realizado por pesquisadores da Universidade de Michigan e publicado na revista Plos One. Com base nas respostas a um questionário de 1000 jovens adultos, os resultados são edificantes.

Um quarto (25%) deles disse que não queria um filho. Em nota, os psicólogos que escreveram o estudo, Jennifer Watling Neal e Zachary Neal, destacam que “ser pai é uma das maiores alegrias da vida, mas não para todos”. O percentual obtido é tanto mais significativo quanto em estudos anteriores, a taxa de pessoas que não queriam ou não tinham filhos por opção era de 2 a 9%.

Observe que o estudo é baseado em respostas de uma população que vive apenas em Michigan, mas a equipe científica ainda acredita que os resultados são aplicáveis a outros países.

não ter filhos

Feliz, mesmo optando por não ter filhos

Uma das abordagens do estudo é interessante de observar, principalmente no que diz respeito aos preconceitos enfrentados por pessoas que não desejam ter filhos. Com efeito, muitas vezes descritos como pessoas tristes que vão acabar sozinhas, cheias de arrependimentos, os resultados do questionário mostram, no entanto, que esta escolha não os impede de “serem sempre felizes”.

Além disso, existem poucas diferenças demográficas entre pessoas com e sem filhos. Concretamente, isso significa que seu nível de satisfação com a vida não difere em nada entre os dois grupos. Na mesma ideia, nenhuma grande diferença em termos de traços de personalidade, exceto que as pessoas sem filhos parecem ser “mais liberais”. Os pais, por outro lado, são menos afetuosos com quem não tem filhos.

Covid-19 seria o grande responsável?

Ansiedade, estresse e medo são emoções negativas sentidas por milhões de pessoas, todas acompanhadas pelo medo de um futuro incerto. E isso se acentuou com a Covid-19. De acordo com os pesquisadores do estudo, esse elemento é uma via bastante séria a ser explorada, o que poderia explicar esse aumento acentuado de pessoas que não querem filhos.

Porém, indicam que esse fator precisa ser qualificado, visto que o tema Covid-19 foi abordado apenas uma vez no questionário. Novos estudos sobre o assunto serão, portanto, necessários para confirmar ou refutar essa hipótese.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

PRAIAS MAIS POPULARES DO MUNDO