Ácido glicólico: o que é, quais são suas propriedades e como aplicá-lo - We Fashion Trends
Beleza Pele Produtos de Beleza Tratamentos de beleza

Ácido glicólico: o que é, quais são suas propriedades e como aplicá-lo

7 de abril de 2022

Ácido glicólico

Ácido glicólico: Esfoliante e hidratante, esse produto é tudo que você precisa saber sobre o aliado número um de todos os tipos de pele.

Utilizado em cosméticos para a formulação de diversos tipos de produtos, é conhecido por suas propriedades esfoliantes capazes de eliminar as células mortas da pele, devolvendo um rosto radiante e liso. É capaz de reduzir rugas, cicatrizes, cravos e manchas escuras. Produtos com altas concentrações de ácido glicólico são utilizados para o tratamento dermatológico de peelings químicos. Se você está pensando em incluir esse ingrediente em sua rotina de beleza, continue lendo para saber mais sobre esse ácido.

Antes de usar qualquer produto à base desse componente, consulte sempre seu médico ou dermatologista, principalmente no caso de pele com tendência a acne ou pele com tendência a fenômenos como a rosácea.

O que é ácido glicólico?

É extraído da beterraba, uva ou cana-de-açúcar, é o alfa-hidroxiácido mais importante e mais utilizado. Os alfa-hidroxiácidos (AHAs) são ácidos orgânicos derivados naturalmente. Em palavras mais simples, eles são chamados de ácidos de frutas: são encontrados em maçãs, frutas cítricas, leite fermentado e outros vegetais, mas também podem ser reproduzidos em laboratório.

Sendo o menor elemento desta categoria, o ácido glicólico é capaz de penetrar facilmente na pele, limitando também o risco de alergias associadas ao seu uso e, portanto, tornando-o altamente tolerável. É utilizado na cosmética por ter uma ação esfoliante capaz de renovar a pele, desde a mais jovem até a mais madura, ajudando a dar ao rosto uma aparência mais luminosa.

Veja mais: Ácido glicólico, o ativo antienvelhecimento ideal para sua pele

Os benefícios do ácido glicólico: é para isso que ele serve

As células mortas da pele do rosto são a causa da pele baça, áspera e enrugada. Têm fácil penetração na camada mais superficial da epiderme, promove a esfoliação, melhorando a renovação celular e a produção de colágeno. Esta ação regeneradora e reequilibrante confere ao rosto uma aparência mais luminosa e suave, uma pele mais uniforme e ajuda a reduzir as rugas. Além disso, é ideal para a pele propensa a acne, pois ajuda a reduzir cravos, manchas e cicatrizes na pele.

Graças a essas propriedades, é adequado para todos os tipos de pele, mas se contido em alta concentração em alguns produtos pode ser muito agressivo, especialmente para peles muito sensíveis.

Como e quando usar o ácido glicólico: os diferentes produtos e as porcentagens

O ácido glicólico em cosméticos é utilizado para a formulação de produtos como cremes, tônicos, máscaras ou séruns, mas também é utilizado na medicina estética como um verdadeiro tratamento, denominado peeling. As suas funções dependem da percentagem contida nos diferentes produtos. Ele tem um efeito hidratante quando sua concentração atinge 4% -5%, enquanto tem ação esfoliante se sua concentração atinge 10% ou mais. Quando esta concentração é muito maior (entre 50% e 80%), é utilizada para produtos destinados ao uso dermatológico, como peelings. Na forma de tônico, creme, máscara ou soro, o ácido glicólico, como todos os ácidos esfoliantes, deve ser aplicado à noite, sobre a pele limpa e seca, pois pode causar fotossensibilização.

Tratamento dermatológico: peeling com ácido glicólico

O peeling químico dermatológico é um tipo de tratamento realizado em centros de estética ou por pessoal médico e é utilizado para combater e eliminar manchas escuras, cicatrizes, acne, rosácea, estrias e dermatite seborreica. O peeling com ácido glicólico consiste na aplicação do produto geralmente com o uso de pincéis com cerdas macias. Por fim, retira-se o produto e aplica-se uma máscara ou hidratante. O tratamento deve ser realizado com uma frequência que varia de acordo com os problemas a serem tratados e é aconselhável evitar a exposição ao sol por pelo menos 24 horas.

Creme com ácido glicólico

Os cremes, com concentrações de até 10% de ácido glicólico, são indicados para um tratamento a ser feito em casa e têm efeito esfoliante, porém delicado, capaz de eliminar pequenas imperfeições. Aplique antes de dormir, massageando o produto com a ponta dos dedos para facilitar a absorção. De manhã, após a aplicação, recomenda-se hidratar bem o rosto e protegê-lo com um protetor solar.

Máscara à base de ácido glicólico

No mercado, você também pode encontrar máscaras faciais à base de ácido glicólico, que podem ser usadas em sua rotina de beleza em combinação com cremes ou tônicos. Elas podem ser aplicados à noite duas vezes por semana simplesmente deixando-os agir no rosto por cerca de 15-20 minutos e removendo-os conforme indicado nas instruções. As máscaras podem ser muito eficazes e dar resultados imediatos.

Ácido glicólico para o corpo

O ácido glicólico também pode ser aplicado no corpo. Existem muitos produtos específicos, como loções que ajudam a eliminar as células mortas da pele e aumentam a hidratação, ajudando a aliviar a aspereza da pele dos cotovelos, pés e joelhos. Sua ação esfoliante também é uma panacéia para prevenir o crescimento de pêlos encravados e dar elasticidade.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

COMO SE VESTIR PARA UM PRIMEIRO ENCONTRO