Acne na testa: como tratar, cuidados e dicas - We Fashion Trends
Beleza Pele Tratamentos de beleza

Acne na testa: como tratar, cuidados e dicas

8 de dezembro de 2021

Acne na testa

Acne na testa: Se cravos e espinhas se instalaram em sua testa, continue lendo para aprender como manter esse tipo de acne sob controle.

Alterações hormonais, estresse, má alimentação e rotina de beleza inadequada costumam ser as causas da acne, que pode ocorrer no rosto e no corpo – decote, ombros, costas e até mesmo nádegas -. Apareceu na sua testa? Em caso afirmativo, a primeira coisa que você deve verificar é se tem franja, já que essa é a principal causa da acne nessa região específica, devido à gordura que o cabelo pode ter ou aos produtos que você usa para pentear ou cuidar dele. Além disso, com esse tipo de corte é mais provável que você toque na testa com as mãos para arrumar o cabelo, algo que não é bom para espinhas …

O que é acne na testa?

Independentemente da área, a acne se manifesta sempre que há aumento da atividade da glândula sebácea. No caso da testa, costuma aparecer por diversos motivos: O mais frequente é o aumento da atividade da glândula sebácea causado pela estimulação hormonal típica da puberdade ou por alterações hormonais específicas na idade adulta. Nesses casos, tendem a predominar cravos pretos ou comedões, que geram as lesões inflamatórias que comumente chamamos de espinhas. Além disso, por se tratar de uma área muito próxima ao cabelo, as pessoas que usam franja, principalmente se têm couro cabeludo gorduroso, correm o risco das espinhas e cravos infeccionarem mais devido à proximidade do cabelo (que por ser oleoso potencializa a infecção) e também pelo toque contínuo na mão para arrumar a franja.

O que o diferencia de outros tipos de acne

Normalmente, a acne frontal tende a ser predominantemente comedões ou cravos pretos. Isso porque, junto com o nariz, a testa é a região da pele onde há maior concentração de glândulas sebáceas. Por isso, é comum encontrar cravos e poros dilatados com mais frequência nas duas áreas. A boa notícia é que costuma ser mais obstrutiva do que inflamatória – pelo menos evita dores.

Como cuidar da pele com acne na

Nesse caso, o tratamento deve ser exatamente igual a qualquer outro ponto da face ou corpo. Resumindo: o mais importante é que você tenha uma higiene adequada, tanto pela manhã quanto à noite, e que esfolie o rosto com um esfoliante enzimático algumas vezes na semana; além de usar cosméticos ‘sem óleo’ (e de preferência com textura de loção, gel ou emulsão), que se adaptam ao seu tipo de pele para evitar o entupimento das glândulas sebáceas. E, se você usa franja, retire-a da testa, sempre que possível, para evitar o contato contínuo com a área e evitar a possível disseminação de infecção de acne.

Acne na testa espinha

O que não fazer ou usar

Por mais estranho que possa parecer, produtos secantes e adstringentes não são recomendados, pois podem produzir efeito rebote. Em vez disso, recomendamos que você use cosméticos nutritivos, hidratantes, calmantes e regeneradores em casa. Claro, evitar cosméticos ricos em gordura e silicone para evitar a formação de comedões. Sem falar que alimentos ricos em açúcares e leite aumentam a produção de sebo ao estimular a secreção hormonal do fator de crescimento semelhante à insulina,  então você terá que restringi-los tanto quanto possível de sua dieta.

Leitura recomendada: Peróxido de benzoíla: a cura milagrosa para acne

Tratamentos profissionais para acne

Nossos tratamentos preferidos são aqueles acompanhados de agentes ceratolíticos e reguladores de sebo , como o ácido salicílico e o ácido glicólico, por eliminarem comedões e liberarem a saída da glândula sebácea. Peelings desses dois princípios ativos são usados para eliminar as primeiras camadas da pele e, assim, favorecer a liberação da sebo.

O normal é passar de menos para mais e, caso o problema não seja resolvido com terapia tópica, pode-se recorrer ao uso de isotretinoína oral, que favorece a esfoliação da pele e diminui a produção de sebo. Também é frequente o uso do laser fracionário, que aquece a glândula sebácea, diminuindo sua atividade ao esfoliar as camadas mais superficiais da pele. E a terapia fotobiodinâmica, onde é aplicado um soro fotossensível que penetra na pele e quando estimulado por uma luz LED de determinado comprimento de onda, o tamanho e a atividade da glândula sebácea diminuem.

Por fim, sabemos que bonés, boinas e chapéus, especialmente os chapéus de pescador, são todos bacanas e nesta temporada são os acessórios de cabelo essenciais, mas para a acne, eles não são nada bons. Se for usá-los, lembre-se de limpá-los ao tirar, principalmente se estiver usando maquiagem, e evite usá-los por muito tempo.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

COZINHA EM CORES RETRÔ É TENDÊNCIA