Alimentação Saúde

As dietas mais bizarras da história

22 de maio de 2018

dietas-bizarras

Quem nunca fez uma dieta que atire a primeira pedra. Uma das coisas que as mulheres mais fazem é dieta. E sempre surgem dietas novas e algumas até bem malucas, prometendo que você vai vai perder peso, eliminar gordura e medidas.

A história mostra que desde os tempos de gregos e romanos os seres humanos já adotavam rotinas de restrições alimentares. Mas, se por um lado naquela época os regimes eram baseados na preocupação exclusiva com a saúde física e mental, foram os vitorianos quem deram o pontapé inicial nas chamadas ‘dietas milagrosas’, como as adotadas por celebridades e rapidamente difundidas nos quatro cantos do planeta.

Se antes as dietas eram feitas para se ter mais saúde física e mental, hoje em dia elas são feitas apenas pelo lado estético. Dietas restritivas não são sustentáveis, o que significa que o corpo sofre com a privação, fica suscetível a doenças e entra em um modo de economia de energia que fará a pessoa engordar assim que voltar a comer normalmente. Vamos ver algumas das dietas mais bizarras que já inventaram.

Dietas mais absurdas da história

Dieta do cubo de gelo

Vamos começar com uma das mais absurdas, que consiste em colocar cubos de gelo na boca quando se sente fome. Sim, a água é essencial para o bom funcionamento do organismo, o emagrecimento e a saciedade, mas não dessa forma!
Ao tentar se “alimentar” de água, o corpo pode entrar em colapso pela mais absoluta falta de proteínas, carboidratos, vitaminas e outros nutrientes – e é muito mais provável que você fique doente do que realmente consiga seguir essa dieta por muito tempo.

Mastigue e salive bastante

Na virada do século 20, o americano Horace Fletcher popularizou a ideia de que uma das maneiras mais efetivas de perder peso era mastigar e cuspir bastante.
O fletcherismo, como foi chamado seu processo de emagrecimento, dizia que as pessoas deveriam mastigar a comida até todas as calorias fossem “extraídas” e depois cuspir o material fibroso que restou.
“A dieta também previa que seu seguidor defecaria apenas uma vez a cada duas semanas e que seu cocô não teria odor. Pelo contrário, as fezes teriam um odor similar a ‘biscostos recém-tirados do forno'”, diz.

Dieta Master Cleanse

Essa dieta de nome sofisticado se propõe a fazer um detox por meio do consumo de uma limonada preparada com pimenta-caiena e xarope de bordo (maple) em substituição às refeições, água com sal pela manhã e laxantes antes de dormir.
A cantora Beyoncé teria feito essa dieta por 14 dias, mas ela não deve servir de exemplo: depois de tanta privação, seu corpo pode entrar em um modo de economia de energia e, quando você voltar a se alimentar, tudo será armazenado na forma de gordura.
Vinagre
As dietas de celebridades são mais antigas do se pensa. Lord Byron foi um dos primeiros ícones desse tipo de regime e ajudou a dar o pontapé na obsessão pública sobre como os famosos perdem peso.
Como as celebridades de hoje em dia, o poeta britânico trabalhava duro para manter a cintura. No início de 1800, ele popularizou um tipo de dieta que consistia majoritariamente na ingestão de vinagre.
A proposta desse regime era de que, para limpar o organismo das impurezas, a pessoa precisaria beber vinagre diariamente e comer batatas embebidas no líquido. Os efeitos colaterais incluíam vômito e diarreia.

Dieta do Martini

Se você está pensando que esta dieta envolve tomar vários drinks feitos com gim e vermute seco, calma que não é bem assim. Na verdade, a proposta seria fazer três refeições por dia, sendo que cada uma delas deve caber em uma taça de Martini, de 90 ml.
Dizem os boatos que as atrizes Eva Longoria e Kate Beckinsale já foram adeptas dessa dieta, mas só o que podemos ter certeza é que ela não é nada saudável. Afinal, seria muito difícil fornecer ao corpo tudo o que ele precisa dessa maneira.

Dieta da papinha de neném

Essa dieta segue o princípio da Dieta do Martini por impor um limite no volume de comida por refeição: neste caso, trata-se de um daqueles potes de papinha. A diferença é que a comida será sempre a própria papinha.
Aparentemente, as atrizes Reese Whiterspoon e Jennifer Aniston já seguiram essa dieta, mesmo já estando bem crescidinhas para que a alimentação indicada para um bebê fosse suficiente para elas.
Vale lembrar que muitas papinhas são riquíssimas em carboidratos e pobres em proteínas, e elas podem causar pico glicêmico pelo excesso de açúcar no sangue, o que dá ainda mais fome.

Dieta do ovo cozido

O ovo é um alimento muito nutritivo devido ao seu conteúdo de proteínas de alta qualidade, vitamina A, E e do complexo B e minerais como cálcio, ferro e zinco. Inclusive, ele é indicado em várias dietas de emagrecimento, mas algumas passam dos limites.
Nicole Kidman, por exemplo, alimentou-se apenas de ovos cozidos para perder o máximo de peso possível para o filme “Cold Mountain”, sendo uma unidade no café da manhã e duas ou três no almoço e no jantar.
Um dos principais problemas é que um ovo cozido tem cerca de 200 mg de colesterol, enquanto o limite diário saudável seria de 300 mg. Assim, ao fim do dia, você acabaria ingerindo até 1.400 mg dessa gordura!

Dieta da banana

A banana é rica em fibras, potássio, magnésio e vitamina A, por isso ela é muito saudável. O problema é quando as pessoas resolvem se alimentar exclusivamente dessa fruta em todas as refeições!
Além do risco de perda muscular e anemia devido à falta de vitamina B12, os adeptos dessa dieta podem não emagrecer em função da alta quantidade de carboidratos, que favorecem o acúmulo de gordura na região abdominal.

Dieta do passarinho

Se você não é uma ave, não vai ser muito bom para o seu organismo ter uma alimentação baseada apenas em grãos e sementes como soja, gergelim e linhaça. Por mais que eles ofereçam benefícios, seu consumo exclusivo não é algo saudável.
A cantora Victoria Beckham, que vive chamando atenção por sua magreza excessiva, teria seguido essa dieta. Porém, como o regime é pobre em proteínas e vitaminas, ela acabou perdendo massa muscular e ficando muito fraca.

Via: Luciana Pepino

Ainda não acabou

Golden milk: o que é, receitas, como fazer e benefícios para a saúde

Continue com a gente

WeFashionTrends Pinterest

 



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários