China pedirá estudos universitários para que 'influenciadores' possam dar sua opinião - We Fashion Trends
Comportamento

China pedirá estudos universitários para que ‘influenciadores’ possam dar sua opinião

4 de agosto de 2022

Na China, tem havido uma forte regulamentação sobre a figura dos influenciadores, que pontuam suas opiniões sobre assuntos importantes, mas que o governo quer colocar certos bloqueios para que isso não aconteça.

Os temas que serão restritos aos influenciadores serão medicina, direito, finanças e educação, entre outros. Se quiserem falar sobre esses assuntos, devem provar que estudaram e tiveram uma carreira na área, afim de possam endossar o tema como profissionais.

O novo regulamento tem 18 diretrizes e é direcionado principalmente contra pessoas que fazem stream na Tencent ou Alibaba, plataformas onde os produtos comerciais costumam ser vendidos e onde as opiniões dos influenciadores, que costumam ter milhões de seguidores, são em sua maioria divulgadas. Essa é uma medida que é feita para acabar com a desinformação que os criadores de conteúdo podem gerar.

No entanto, por trás dessa medida estão outras restrições que parecem mais autoritárias, como o veto de poder falar sobre o Partido Comunista Chinês, além de criticá-lo nas redes sociais. Esse tipo de legislação permite que o governo tenha total controle sobre as informações que são publicadas na Internet, sejam verdadeiras ou falsas.

Outras regras que os influenciadores e seus seguidores devem seguir são coisas como as horas de consumo que as crianças podem ter dos streamers. Por exemplo, menores de 16 anos não devem assistir streamers depois das 22h. Por sua vez, os criadores de conteúdo não podem usar roupas ostensivas ou ter um estilo de vida luxuoso.

Por causa das limitações, os streamers têm uma renda menor a cada dia, já que seu limite agora é de pouco mais de US $ 1.700. Além disso, parece que o governo chinês busca ter mais controle sobre as empresas privadas que podem significar um enfraquecimento comercial do Estado ou que pode significar um poder fora do governo chinês, que é impossível de regular devido ao seu tamanho e que tente escapar de seus impostos. O interesse reside sobretudo na regulação da informação e na proteção da informação das pessoas nas cidades.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

CAREUP REDUZ ATÉ 10 CM DAS MEDIDAS EM 1 SESSÃO