Cintura de fones de ouvido: o desafio viral absurdo entre as meninas para provar que são "magras" | We Fashion Trends
Comportamento Psicologia

Cintura de fones de ouvido: o desafio viral absurdo entre as meninas para provar que são “magras”

28 de fevereiro de 2020

desafio-da-cintura-fone-de-ouvido

Os desafios virais da Internet estão se tornando cada vez mais perigosos e absurdos, aqueles que os realizam colocam em risco não apenas suas vidas, mas também o de centenas de crianças tentando imitá-los. O mais recente que a rede nos deu tem a ver com aparelhos auditivos e a magreza do corpo.

The Earphones Waist está sacudindo as redes sociais, mas longe de deixar uma lição ou de nos divertir, é uma maneira óbvia de mostrar que a garota mais fina é a “melhor” e já está trazendo consequências.

Agora elas usam fones de ouvido na cintura

Esse novo desafio é basicamente cercar a cintura com o cabo dos fones de ouvido para poder medir o quão magro você é, quanto mais cabo sobra, mais “popularidade” você ganha, porque mostra que possui um corpo extremamente fino e “ideal”.

Por meio de uma publicação no site Weibo, os usuários das redes sociais na China fizeram a ligação oficial, na qual escreveram:

Para descobrir quanto peso você ganhou enquanto descansava em casa, verifique quantas voltas você consegue com os fones de ouvido em volta da cintura. Marque seus amigos para fazer esse desafio juntos.

Desde então, a publicação já possui mais de 75 mil “curtidas” e mais de 600 mil comentários. Embora muitos tomem uma piada e comentem que talvez com 10 metros de cabo possam enfrentar o desafio, muitos pais estão preocupados com a situação, pois os jovens tendem a ficar obcecados com esses tipos de desafios até alcançarem a perfeição.

desafio-fone-de-ouvido

Os desafios da Ásia não têm um bom final

Pelo contrário, eles devem sempre tentar mostrar quem tem o melhor corpo ou menos quilos. Há um em que a magreza das pernas é medida com a ajuda do telefone celular. É realmente preocupante, porque esse tipo de prática pode colocar a saúde das pessoas em risco ao tentar alcançar um tipo de corpo “ideal”; portanto, como sugestão, é melhor evitá-las a todo custo.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários