Como economizar gás de cozinha - We Fashion Trends
Casa Dicas Economia

Como economizar gás de cozinha

11 de março de 2022

como economizar gás de cozinha

Como economizar gás de cozinha: Com o preço do botijão de gás nas alturas, o jeito é fazer com que ele dure o máximo possível e que se consiga cozinhar tudo o que precisa, economizando.

Em 2021, o aumento do gás de cozinha foi de quase 30% até o mês de setembro, sendo cinco vezes mais do que a inflação acumulada no período. Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o valor médio do botijão de 13 kg era de R$ 75,29 no final de 2020, e em 2021 foi para R$ 96,89, chegando a ser encontrado por mais de R$ 130 em algumas regiões do país, como já registrado no Mato Grosso.

Como economizar gás de cozinha

Apesar do aumento desenfreado do preço do gás, a opção mais indicada é cozinhar em casa. Além de mais segura, tem também melhor custo benefício para a maioria dos consumidores brasileiros.
Para que seu botijão dure mais e você possa se alimentar de maneira adequada, separamos algumas dicas.

1. Evite abrir o forno

Ao abrir o forno quando ele está funcionando, ocorre um choque térmico, uma vez que o ar de fora, que está em temperatura ambiente, entra em contato com a temperatura quente de dentro do forno. Com isso, perde-se tempo de cozimento, já que o forno terá um gasto maior para retornar a temperatura que estava para assar devidamente o alimento.

Para fazer alimentos assados, como batatas, frango, lombo de porco, legumes etc., faça o máximo de esforço possível para não o abrir durante o período de cozimento. Manter o forno fechado apropriadamente faz com que o gasto de gás seja utilizado de forma correta. Assim, evitando o desperdício desnecessário.

2. Mantenha as bocas do fogão limpas

Se as chamas estiverem meio amarelas ou laranjas, é sinal de que as bocas estão sujas ou com mau funcionamento, e o fogo perde sua potência e acaba gastando mais gás para cozinhar o alimento. A chama na cor azul significa a queima total do gás em combustão com o oxigênio, ou seja, uma chama mais intensa e mais quente. L

3. Use a panela de pressão sempre que possível

Embora muitas pessoas tenham medo de usar a panela de pressão, aprender a utilizá-la pode ajudar você a economizar gás, já que ela cozinha os alimentos em menos tempo. Uma boa dica, no caso de grãos como feijão e grão-de-bico, é deixá-los de molho por, pelo menos, 12 horas. Dessa forma, os grãos ficam mais macios, facilitando ainda mais o cozimento.

4. Evite a passagem de vento pelas janelas e portas

Ao cozinhar, deixe a porta que liga a cozinha a outro cômodo fechada. Faça o mesmo com as janelas, porém, não precisa fechá-las completamente, deixe ela semiaberta para que haja a circulação adequada do ar. Essas medidas são necessárias para evitar que se tenha uma forte corrente de ar pelo ambiente, o que pode reduzir a eficiência das chamas do fogão ao esquentar as panelas, uma vez que elas se apagarão ou não funcionarão apropriadamente.

5. Cozimento a vapor

Que tal aproveitar o cozimento de um alimento que está na panela para colocar uma escorredeira metálica em cima e já cozinhar outros alimentos no vapor, como os legumes? Assim, você gasta a mesma quantidade de gás e cozinha mais alimentos.

6. Use bocas do fogão adequadas

Colocar uma panela pequena em uma boca grande é desperdício do seu gás de cozinha – evite, a menos que esteja com muita pressa.

7. Feche as panelas

A panela com a tampa fechada cozinha o alimento muito mais rápido do que quando ela fica totalmente aberta. Com isso, o gás fica ligado durante menos tempo, sendo, portanto, uma ótima opção para quem quer economizar nesse tipo de gasto durante o mês. Outra dica é apostar no uso de panelas menores, uma vez que elas demoram menos tempo para esquentar o alimento. Desse modo, a refeição ficará pronta mais rapidamente, o que auxilia na redução da utilização do gás.

Caso seja necessário utilizar uma panela grande para, por exemplo, quando os familiares ou os amigos forem em sua casa no fim de semana para uma confraternização especial, uma opção para fazer menos uso do gás é esquentando água a parte em uma outra panela de tamanho médio. Assim, à medida que a água esquenta, coloque-a na panela grande aos poucos para ajudar no cozimento dos alimentos com mais agilidade e eficiência.

8. Corte os alimentos em pedaços menores

Os alimentos cortados em tamanhos maiores demoram mais tempo para cozinhar por completo. Dessa maneira, esse tipo de cozimento gasta mais gás. Para contornar esse problema, uma solução é cortar os alimentos, como cenoura, batata inglesa, batata doce, inhame, aipim etc., em tamanhos menores.

Com isso, pode-se otimizar o tempo do cozimento, tendo em vista que ele ficará pronto em uma velocidade maior. Ou seja, gasta-se menos gás ao mesmo tempo em que você ficará menos tempo na cozinha preparando a refeição. Assim, você só tem a ganhar ao implementar essa estratégia nos preparos culinários da rotina do dia a dia.

9. Planeje o uso do forno

Uma boa ideia é cozinhar pratos diferentes que usam o forno na mesma temperatura para cozinhá-los juntos. Talvez a sobremesa e o prato principal indo ao forno juntos, sempre tomando cuidado com os diferentes tempos de cozimento.

10. Veja sempre como está o botijão de gás e mangueiras

De tempos em tempos, verifique as roscas do botijão de gás e os canos do fogão e forno despejando um pouco de espuma de sabão e observando se há algum vazamento se houver bolhas de ar formando-se. Além de ajudar na economia, evita acidentes.

11. Planeje o preparo das refeições

Aproveitar o tempo na cozinha para preparar refeições pensando nas próximas pode significar não precisar usar o fogão no dia seguinte. Faça porções maiores, especialmente dos acompanhamentos, e o que sobrar você ainda pode congelar.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

TENDÊNCIAS PARA A PRIMAVERA-VERÃO 2023