Companhia aérea abre um restaurante que serve apenas comidas de avião | We Fashion Trends
Viagem

Companhia aérea abre um restaurante que serve apenas comidas de avião

2 de abril de 2020

comida-de-aviao-primeira-classe

Os pratos das companhias aéreas dividem opiniões, porque, embora existam pessoas que detestam a comida servida em vôos, há outras que não apenas estão acostumadas a comê-la, mas realmente gostam.

Há pessoas que precisam viajar muito, não têm tempo para parar em um bom restaurante para comer e já gostam do que é servido em aviões. Especialmente para quem gosta de pratos nas companhias aéreas, há um lugar na Malásia que oferece esse tipo de comida sem precisar decolar.

restaurante-serve-apenas-comida-de-aviao

O restaurante Santan – que significa “leite de coco” em malaio – abriu suas portas para oferecer um menu composto pelos pratos servidos pela companhia aérea AirAsia. Aqui eles sempre oferecem serviços de primeira classe.

As pessoas podem comer pratos como espetinhos, carne de vaca, arroz de frango ao estilo chinês da Malásia, frango das Filipinas, sopa de macarrão vietnamita e vários tipos de bebidas. Este menu foi criado por cinco chefs profissionais.

O Santan está localizado no Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur, na Malásia, e a gerente Catherine Goh acredita que tem potencial para se tornar uma rede de restaurantes em outros aeroportos ao redor do mundo.

Estamos muito orgulhosos de estender o que começou como um menu de bordo para novos mercados e reiterar nosso apoio aos produtores e fornecedores locais e (do Sudeste Asiático), além de criar novas oportunidades de trabalho com franquias acessíveis.

restaurante-malasia-comida-de-aviao

Embora a comida de avião seja a última opção para alguns, neste restaurante eles planejam torná-la sua especialidade, e só o tempo dirá se foi uma boa ideia ou não. Pelo menos não haverá turbulência que jogue comida no chão, nem você precisará ficar muito perto de alguém enquanto come.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários