Cosméticos com cannabis: estes são seus benefícios - We Fashion Trends
Beleza Pele Produtos de Beleza

Cosméticos com cannabis: estes são seus benefícios

1 de dezembro de 2021

Cosméticos com cannabis

Cosméticos com cannabis: A sigla ‘CBD’ está em voga e se refere a um composto do cânhamo que pode ter muitas aplicações, desde médicas a cosméticas. Vamos contar tudo sobre essa tendência.

Se você é o primeiro da classe em matéria de ‘beleza’ e aproveita a menor oportunidade para mostrá-la aos seus amigos, com certeza já conhece o ingrediente cosmético do momento: a cannabis. Se você perceber, nossas marcas favoritas o integraram em seus produtos (até criando linhas inteiras dedicadas ao CBD), e cada vez mais pessoas recorrem a ele pelos seus muitos benefícios para a pele e até para a saúde.

Há alguns anos, ainda era estranho usar um óleo de cannabis para hidratar a pele, mas felizmente seu uso se normalizou com o tempo. Para sua tranquilidade, não há nada de ilegal em cosméticos com cannabis, portanto, você pode comprar esses produtos em qualquer perfumaria ou loja especializada.

Como você certamente terá que dar mais de uma explicação cada vez que tirar o creme de maconha da sacola, aqui você tem todos os elementos para responder como se estivesse usando essa planta há anos.

Leitura recomendada: Óleo CBD: o que é, como usar e o que procurar ao comprar

Os antigos usos da cannabis

Embora possa parecer um produto muito moderno e algumas ‘celebridades’ ‘millennials’ como Miley Cyrus o defendam com unhas e dentes, é bem possível que seus avós – ou mesmo bisavós – já o aplicassem há muitos anos. Na China antiga, era usado no alívio de erupções cutâneas, úlceras ou mesmo no combate à queda de cabelo. Ao lado da folha de coca e do ópio, tem sido uma das plantas mais importantes da história da humanidade, principalmente por seus efeitos analgésicos. Foi nas décadas de 1920 e 1930 que se popularizou como droga recreativa.

Cosméticos com cannabis: o endocanabinoide

O motivo pelo qual essa espécie voltou a chamar a atenção dos cientistas foi a descoberta do sistema endocanabinoide: uma rede de receptores que o ser humano possui em todo o corpo que regula e equilibra aspectos fisiológicos como dor, febre, humor ou o apetite. E o que isso tem a ver com a planta? Pois bem, a cannabis é composta por centenas de compostos químicos, entre os quais os canabinóides, que em contato com este sistema agem no nosso corpo e o estimulam: é como quando uma chave abre um cadeado.

cosméticos com cannabis benefícios

Os benefícios da cannabis nos cosméticos

A planta contém mais de 400 compostos químicos que podem nos afetar, mas há dois cujos efeitos importam mais para os especialistas: o THC, conhecido por suas consequências psicoativas – ou seja, a famosa alta de fumar um cigarro de maconha – e o CBD, com calmantes e efeitos antiinflamatórios e que não vão enlouquecer ou causar alterações significativas de memória. Essas substâncias podem ser utilizadas para três finalidades diferentes: terapêuticas ou medicinais; as atividades recreativas, e a voltada para o bem-estar – óleos, cremes, incensos, etc.

Enquanto muitos esperam que o consumo de lazer seja legalizado, é cada vez mais comum encontrar produtos cosméticos que prometem incluir os benefícios da maconha. E aqui surge a pergunta mais comum, aquela incógnita que nos assombra: como é possível que sejam vendidos se a comercialização é ilegal?

São cremes que partem do cânhamo e dificilmente contêm THC. Além disso, quando administrados topicamente, mesmo que tivesse esse componente, não seria psicoativo em nenhum caso. Diante disso, há motivos para pensar que o usar dessa forma pode contribuir com uma grande quantidade de benefícios, já que a pele possui receptores canabinóides que a favorecem. Acredita-se que a cannabis pode tratar certas doenças como psoríase ou dermatite atópica.

creme com cbd

O futuro do CBD em cosméticos

Quanto ao seu uso terapêutico, de acordo com a Fundação Canna – que se dedica à investigação científica desta planta – os estudos nesta área ainda são limitados, mas acredita-se que a cannabis possa ser um suplemento para ajudar no tratamento de certas doenças de pele como a psoríase ou a dermatite atópica. Além do uso medicinal para curar doenças crônicas, as marcas de beleza mais descoladas viram uma grande oportunidade de negócio e já estão formulando seus produtos com maconha: de soros com CBD para eliminar espinhas, a óleos faciais superhidratantes e perfumes.

Entre as características mais citadas nas embalagens destacam-se:

  • O seu poder de cicatrizar feridas e irritações
  • Acalmar zonas sensíveis
  • Hidratar em profundidade.
  • Pode até ajudar a aliviar as cólicas menstruais.

Apesar de este tipo de cosmético estar se proliferando em todo o mundo há alguns anos, ainda temos muito que aprender com os Estados Unidos, onde é comum encontrar balas, águas com sabor, vaporizadores ou biscoitos e salgadinhos para animais de estimação derivados desta planta. A Califórnia foi o primeiro estado a aprovar seu uso médico em 1996, mas depois Israel, Canadá, Finlândia, Uruguai, etc. aderiram, etc.

Cada vez mais governos estão percebendo os benefícios que isso pode trazer para a saúde pública. Enquanto esperamos, você tem coragem de experimentar esses produtos?




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

COZINHA EM CORES RETRÔ É TENDÊNCIA