É assim que sua bunda muda com a idade - We Fashion Trends
Bem-Estar Comportamento Curiosidades

É assim que sua bunda muda com a idade

7 de outubro de 2022

bunda

É assim que sua bunda muda com a idade: Assim como todo o nosso corpo, nosso bumbum passa por muitas fases ao longo de nossas vidas. 

A bunda muda muito com o tempo. Bem, não te dissemos nada de novo (…), obrigado por ler até aqui. Vamos ver, por partes: se você pensa em bunda, qual personagem vem à mente? Com grande probabilidade, você vai dizer Kim Kardashian ou a pioneira em garantir sua bunda grande na história do pop: Jennifer Lopez. Com sua narrativa de mais de uma década (ou duas), elas colocaram o bumbum em destaque, e por isso acabamos por promovê-lo e desfrutá-lo (e isso deve ser apreciado, sobretudo, depois de vir dos anos 90, em que as curvas não eram celebradas).

Dito isso, se o seu ‘humor’ nos últimos anos tem sido focado em cuidar do seu bumbum, o que nos traz aqui vai parecer no mínimo curioso: as fases do bumbum ao longo do tempo. Como você lê isso?

As diferentes fases da bunda ao longo da vida

Bunda na adolescência

Aos 13 anos, a bunda é um tamanho que você nunca mais vai ter. A gordura está no seu ponto mais baixo devido aos níveis de estrogênio, que vão começar a subir com a puberdade, e a musculatura é bem firme faça o que fizer. Por outro lado, os hormônios podem causar espinhas na pele das nádegas, mas não é uma preocupação. Em geral, são semelhantes à acne que temos no rosto, embora, ocasionalmente, possam causar foliculite, uma infecção do folículo piloso. Às vezes, elas desaparecem sozinhas, mas observe a limpeza caso precise esfoliar ou usar substâncias específicas, como peróxido de benzoíla.

Aos 20 anos

Aqueles hormônios que te enlouqueceram na adolescência deixaram seu bumbum mais modelado. Você acumulou mais gordura, tornando-o mais redondo. Seu bumbum continua firme, mas se você quiser mantê-lo, precisa tonificar os músculos.

Aos 30 anos

Tudo vai ladeira abaixo (no que diz respeito à sua bunda) depois dos 30. É uma maneira muito sombria de colocar, mas nesta década você perde massa muscular e percebe como os agachamentos não fazem mais efeito. O exercício é essencial para cuidar dele. Além disso, a renovação celular e a produção de colágeno diminuem e você começa a apreciar a falta de firmeza. Você começará a vê-lo um pouco mais caído.

Aos 40 anos

Aqui seus níveis de estrogênio estão começando a mudar, você percebe mais flacidez e começa a ver gordura nos quadris que não tinha antes. Sua bunda não é tão dura e é mais plana. Ainda assim, se você continuar se exercitando e comendo saudável você pode manter suas nádegas em forma. Se o seu desejo é mantê-lo, a principal batalha durante os 40 será estar em forma, a chegada da menopausa está próxima e sua bunda não será a mesma de antes se você passar o dia todo no sofá assistindo Netflix.

Aos 50 anos

A menopausa está no ar, os níveis de estrogênio estão começando a cair, assim como seu bumbum. Manter a rotina de exercícios é essencial para evitar a falta de tônus muscular e que a gordura que sai do seu bumbum não se desloque para outras áreas.

Mais de 60 anos

Ter um bumbum firme e duro dará às costas e quadris um melhor suporte muscular. Além disso, melhorará seu equilíbrio e evitará quedas. Você está vivendo o verdadeiro teste em que saberá se todos esses anos de agachamento funcionaram para você e teve um efeito benéfico. Seu bumbum está ‘mais velho’, mas se você continuar trabalhando duro e ativo, ainda será tão atraente como antes.

Vida longa ao seu bumbum!




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

ROUPAS FEMININAS QUE ERAM DE HOMENS