Entenda as diferenças entre preenchimento, botox e ácido hialurônico | We Fashion Trends
Beleza Tratamentos de beleza

Entenda as diferenças entre preenchimento, botox e ácido hialurônico

25 de setembro de 2018

botox

Quem não quer ter aquela pele linda, sem manchas e sem rugas? A busca pela beleza vem desde os primórdios da humanidade, e com certeza, traz muitas dúvidas sobre quais procedimentos usar e quando é a melhor época de aplica-los para ter aquela pele com aspecto jovial por mais tempo.

Entre os recursos estéticos mais procurados por mulheres e homens que buscam o rejuvenescimento da pele estão o botox e preenchimento com ácido hialurônico. A dificuldade muitas vezes é saber qual é mais indicado e para qual situação.

Botox

A principal função do botox é a paralisação muscular, então ele acaba sendo mais indicado para as rugas que se formam quando fazemos algum tipo de movimento como sorrir ou erguer sobrancelhas. O botox é uma toxina produzida por uma bactéria, a Clostridium Botulinum.

  • É indicado para rugas dinâmicas, aquelas causadas por movimentos repetidos do músculo — como as que se formam junto ao sorriso, ou até os famosos pés de galinha, pelo apertar dos olhos.
  • Botox também é utilizado para corrigir assimetrias faciais e, nestes casos, pode ser combinado ao ácido hialurônico, para obter um resultado mais natural.
  • Os efeitos não são imediatos, podem levar até 15 dias para aparecer. A partir do quarto mês, no entanto, o efeito começa a se diluir progressivamente até que, no sexto mês, a eficácia se perdeu.

Preenchimento

Já o preenchimento, tem a função de preencher, como o nome já diz, alguma região que tenha ‘volume perdido’ e também pode ser usado para remodelamento facial. Já o preenchimento é feito com uma substância chamada ácido hialurônico, mas podem ser usados juntos.

“Quando falamos em harmonização facial fazemos a junção de botox e preenchimento. É assim que conseguimos uma harmonia da face, relaxando musculaturas hiperativas e preenchendo pontos que foram perdidos ou às vezes que o paciente ainda não tem”, explica a dermatologista Paola Borges.

Ácido Hialurônico

  • A substância existe naturalmente no corpo humano e é facilmente absorvida pelo organismo — o que transforma esta alternativa em uma opção mais segura do que a primeira.
  • Apesar de uma aplicação durar, em média, dois anos, o efeito do ácido hialurônico nunca abandona totalmente o corpo, já que ele estimula a produção de colágeno pelo próprio organismo.
  • Sua indicação? Como dissemos, preencher rugas e sulcos — aquelas sombras que você percebe no rosto em uma fotografia por exemplo. Elas são resultado da perda óssea e pela atrofia dos compartimentos de gordura. Ele também pode ser utilizado para dar o famoso “plump” labial, à la Kylie Jenner.
  • Os efeitos são imediatos.

Clientes que tem diagnóstico de doenças autoimunes, gravidez ou que estão em fase de amamentação não devem fazer nenhum dos dois procedimentos. Outro limitante do tratamento com botox é o tempo.

As aplicações devem ser feitas com um intervalo mínimo de 4 meses. Caso seja reaplicado muito próximo, pode haver resistência. Os tratamentos são realizados em consultório. São micro perfurações (feitas com agulhas apropriadas) na região que se deseja tratar. As análises e estudos de caso para escolher qual melhor procedimento deve ser realizado em qual situação deve ser por um dermatologista especializado, da confiança do cliente.



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários