Comportamento Fotografia

Fazer fotos com o famoso “V” não é tão seguro assim. Entenda o por que

16 de janeiro de 2017

v-com-as-maos-dedos

Fazer o famoso sinal de ‘paz e amor’ nas fotos pode até parecer inofensivo, mas segundo os pesquisadores do Instituto Nacional de Informática do Japão, alertam que imagens assim podem levar a crimes graves – com elas, é possível “clonar” uma das coisas mais únicas que temos: nossas impressões digitais.

Segundo os pesquisadores, é possível reproduzir as digitais de uma pessoa mesmo em fotos em que os dedos em questão estavam a três metros da câmera, contanto que haja iluminação suficiente. Para evitar que isso aconteça, o instituto está atualmente desenvolvendo uma película protetora para as digitais de quem é fotografado. Ela será composta de óxido de titânio e só estará pronta em cerca de dois anos, no Japão.



De acordo com o presidente da Vkansee, uma empresa de verificação biométrica, o ~perigo~ não é tão grave quanto atestam os japoneses. Em entrevista ao Mashable, ele diz ser raro que as imagens tenham a resolução boa o suficiente para que o “roubo” das digitais seja possível. Inclusive ele explica que empresas como a dele já estão trabalhando para que a captação das digitais para acessar dispositivos seja cada vez mais eficiente, descartando as falsificações.



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



1 Comentário

  • Reply Eduardo Preto 17 de janeiro de 2017 at 11:38

    Para gente, tá feio, tá ridículo!

  • Comentários