Ho'oponopono: o que é, como funciona, benefícios e como praticar | We Fashion Trends
Bem-Estar Comportamento Psicologia Saúde

Ho’oponopono: o que é, como funciona, benefícios e como praticar

19 de agosto de 2019

Ho'oponopono-tecnica-havaiana-o-que-é

Ho’oponopono é um método antigo de filosofia havaiana focado em perdão e resolução de problemas. Nós te dizemos sua origem e o que exatamente é.

Se você nunca ouviu nada sobre essa filosofia havaiana, é provável que a palavra Ho’oponopono seja muito estranha para você. Seu significado é algo como “higiene mental” ou “corrigir um erro”. É uma prática nativa havaiana baseada no amor e no perdão e cujo objetivo é a cura espiritual. Você quer saber exatamente o que é? Continue lendo!

As crenças precursoras do Ho’oponopono

Nas ilhas da Polinésia, havia a crença de que os atos errados de cada indivíduo eram culpados por qualquer desconforto físico ou mental, por isso era necessário recorrer à confissão para redimi-los. Desta forma, manter o erro em segredo pode ter muitas consequências negativas para a pessoa, como a doença. 

Para evitar ou resolver isso, alguns historiadores havaianos explicaram que era necessário reparar o erro buscando o perdão dos deuses com a ajuda de um padre ou curador. Mesmo para evitar essas situações, era costume ter reuniões familiares, diárias ou semanais, para colocar tudo em ordem e resolver qualquer tipo de conflito.

A prática do Ho’oponopono: do passado ao presente

As crenças de que falamos supõem a origem da técnica milenar do Ho’oponopono. Com base no fato de que consideravam que qualquer problema grave era gerado por seus próprios erros, esse método defende que, para solucionar qualquer mal, seja físico ou psicológico, próprio ou com outros, é necessário assumir a responsabilidade e perdoar a si mesmo. 

Para isso, é necessário confessar ou aceitar o erro e pedir perdão. No caso em que é algo próprio, para si mesmo e se tem a ver com outra ou outras pessoas, a si mesmo e aos outros. Mas você nunca deve esquecer um, porque é um método que procura se conectar com o interior. Através deste pedido de desculpas, de acordo com o Ho’oponopono, tudo o que não é saudável ou benéfico é limpo e o equilíbrio é restaurado. 

Inicialmente, isso foi feito através de uma reunião de família em que eles tentaram redirecionar os problemas confinados para entender e perdoar a outra pessoa. Desta forma, as relações foram melhoradas interpessoal e buscou a paz espiritual. Era a nativa havaiana Morrnah Simeona, especialista em cura, responsável desde 1976 por resgatar e adaptar o método tradicional do Ho’oponopono até o presente. Foi o precursor do conceito de auto-identidade ou identidade própria, que se tornou uma das duas versões deste ritual ancestral de perdão e reconciliação pessoal. 

Ele trabalhou nisso por anos e teve como discípulo Ihaleakala Hew Len, um terapeuta que continuou o legado de Simeona após sua morte em 1992. Ele levou o Ho’oponopono para diferentes partes do mundo através de conferências e workshops.

Abaixo nós revisamos qual é a versão atualizada do método de Simeona e outro aspecto do Ho’oponopono, baseado no karma, que também é praticado hoje. 

1. A busca pelo status de identidade ou auto-identidade: nesta versão assume-se a responsabilidade por todas as ações, as suas próprias e as de outros. Nesse sentido, há uma crença de que o que os outros fazem para você é um reflexo de algo que a pessoa tem que curar. Desta forma, o sujeito que pratica o Ho’oponopono nunca é a vítima. Para resolver qualquer tipo de mal, os mantras internos são repetidos como meditação a qualquer hora do dia, como: 

– Desculpe, perdoe-me, obrigada, amo você: Este é o mantra mais conhecido do Ho’oponopono. Cada palavra tem um significado ou objetivo diferente.

  • Desculpe: é usado para se responsabilizar pelo que se deseja curar.
  • Perdoe-me: pretende-se que o corpo perdoe o indivíduo por não ter resolvido o desconforto antes.
  • Obrigado: gratidão é mostrada pela oportunidade de curar o problema.
  • Eu te amo: mostra o amor para a parte negativa da pessoa, para que ele saia e o problema possa ser resolvido.

– Folhas de outono: este mantra é usado para expulsar as coisas ou pessoas às quais o indivíduo tinha apego e não faz mais parte de sua vida. 

– Gotas de orvalho: para encontrar problemas inconscientes e, assim, tornar-se algo positivo. 

– Universo / Divindade limpa em mim tudo o que contribui para este problema: eliminar qualquer desconforto. 

– Disparo da tampa: é usado com o objetivo de se livrar do que a pessoa tem dificuldade em soltar e faz sofrer, seja um pensamento, uma situação ou mesmo uma pessoa do presente ou do passado. 

2. O Ho’oponopono focado do ponto de vista do karma: Esta alternativa concentra-se em empatizar com o outro e sentir o que foi provocado para depois confessar e alcançar o perdão. Isto é, é algo assim se alguém limpa a própria consciência dos erros cometidos, também limpa a consciência dos outros. Isto é assim porque na filosofia de Ho’oponopono é concebido que todas as pessoas ou almas que habitam o mundo estão entrelaçadas, elas são um todo e sua única separação é física.

Quais benefícios o Ho’oponopono 

Embora esta técnica de Ho’oponopono não seja sustentada pela ciência e seus benefícios não tenham sido comprovados, aqueles que a praticam, defendem que ela possui as seguintes vantagens.

  • Melhora a capacidade reflexiva: a pessoa dedica tempo a si e aos seus pensamentos durante a prática. É um tipo de meditação que pode ajudar a acalmar a impulsividade.
  • Consciência da responsabilidade dos próprios atos: este método ajuda a assumir os problemas sem desperdiçar tempo em culpar os outros.
  • Reduzir pensamentos negativos: confiar que é possível curar através desse método pode fazer com que as pessoas que o realizam se concentrem muito menos no negativo.
  • Promove a capacidade de resolver problemas: a reflexão e os mantras podem ajudar a pessoa a relativizar os erros e resolvê-los muito mais rapidamente.
  • Mitiga o estresse e a ansiedade: sentindo que é a pessoa que assume a responsabilidade de estar bem e perdoando a si mesma, alivia o estresse ou a ansiedade que sente quando algo depende do outro e não de si mesmo.
  • Contribui para um estado de paz interior e bem-estar emocional graças ao perdão: estar em paz consigo mesmo e não dar rédea livre a pensamentos negativos sobre os erros do passado pode gerar muita tranquilidade.
  • Aumenta o otimismo e a energia: como resultado do acima exposto, a pessoa pode mudar seus pensamentos para mais positivos, o que o ajuda a alcançar um maior grau de felicidade.

Se você quiser descobrir mais informações sobre como praticá-lo, existem diferentes livros publicados com os quais você pode aprofundar o tópico. Um dos divulgadores mais proeminentes deste método havaiano hoje é Mabel Katz, uma palestrante argentina que também é autora de vários livros baseados no Ho’oponopono.



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.