Marca de biquínis é feita com lixo dos oceanos. Conheça a Conscious Swimwear | We Fashion Trends
Luxo Moda Moda Praia Verão

Marca de biquínis é feita com lixo dos oceanos. Conheça a Conscious Swimwear

17 de maio de 2019

conscious-swimwear

O lixo retirado do mar é útil nas mais variadas áreas e já anda nas nossas roupas, calçados, acessórios e até na moda praia. A sustentabilidade está cada vez mais intrínseca na moda e passou a ser tendência.
Joana Silva, 29 anos, trabalha na área de comunicação digital na L’Oréal Luxe, e acaba de criar uma marca própria. Conscious Swimwear foi o nome que escolheu para este projeto que nasce a partir do seu gosto pela moda e da sua preocupação de longa data com o ambiente.

Uma marca de maiôs e biquínis que usa apenas materiais sustentáveis. É o caso do econyl, um tecido italiano feito com lixo retirado dos oceanos e aterros de todo o mundo, como o plástico, rede de pesca ou restos de tecido. Ao econyl, juntam elastano, um material necessário para este tipo de produto.

“Achei que podia fazer a diferença. Tenho muita consciência ambiental e tento ter o mínimo impacto possível no dia a dia. Por isso, só quando consegui o tecido que queria e a mão de obra local e ética que queria é que decidi avançar.”

VEJA MAIS: Moda praia verão 2019: como escolher o biquini ideal e as tendências da temporada

consciousswimwear-marca-de-biquinis

A primeira coleção da marca é composta por três padrões e três modelos de biquínis, separados por três partes de cima e três partes de baixo, e ainda dois modelos de chapéus em palha.

O cuidado com o ambiente e a promessa de uma marca sustentável, fez com que Joana Silva quisesse marcar a diferença em todos os pontos da marca, inclusive no pacote de envio. As caixas onde as encomendas são enviadas são o mais pequenas possível, recicladas e recicláveis.

consciousswimwear-marca-feita-com-lixo-do-oceano

Em vez de usar fita adesiva em plástico, usam fita adesiva feita com papel reciclado, as etiquetas são todas recicladas (e recicláveis também) e o fio que prende a etiqueta é de algodão 100% biodegradável. “Não há plástico envolvido em todo o processo“, garante.

A venda dos biquínis em separado é outra das características da marca e foi uma das primeiras decisões de Joana Silva. “Há pessoas que vestem o P em cima e o M em baixo e quero que todas possam usar”.

Uma marca consciente e que merece toda a nossa admiração!

Clique para conferir!


Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.