Moda

MeninaIT entrevista: Taís Scherer

21 de novembro de 2011

Hoje vamos entrevistar a Taís Scherer que está por trás da festa mais legal da cidade, a Balonê.

Quem é e o que faz ou já fez?

Taís Scherer, já fiz muita coisa por aí, hoje em dia faço a Balonê e outras festinhas, encaro uma carreira de DJ (e adoro) e sou tri querida, apesar de parecer uma chata de vez em quando.

 

Como surgiu a ideia de fazer a festa balonê?

A Balonê surgiu por acaso, quando convidamos alguns amigos pra tocar em outro projeto, a Eletrochilli, e esses amigos queriam tocar anos 80. Como achamos que o nome da festa – Heletrochilli – não combinava com som anos 80, mudamos o nome do projeto (que já rolava no ocidente) pra Balonê. E assim aconteceu a primeira festa dia 1 de setembro de 2001.

 

Qual o local mais diferente que você já fez a festa?

Fizemos uma balonê em gramado, num dia muito, mas muito frio, num bar que tinha um nome bizarro. O bar todo era bizarro, a porta Fo banheiro masculino tinha uma cabeça de tour bem chifrudo pendurada. Acho que nevava inclusive, a festa não tinha ninguém, 3 pessoas e nós da produção. O bar era estranho, era tudo estranho e às 2 da manhã entra Charlie Garcia e uma excursão vinda Sab Deus de onde para ensaiar pro show que ele faria na cidade outro dia. Ficamos até altas horas da manhã rindo muito;

 

Dá umas dicas de lojas bacanas que você gosta de Porto Alegre? Aquelas bem escondidinhas

Sou cliente fial e amo a Quincy Store, fica na 24 de outubro 506. Tenho carnê vitalício. Bijous lindas e baratezimas na Maxi Bijous que fica ali na Senhor dos Passos. Conheci a pouco e adorei a Pandorga, várias opções de estilistas e estilos, e eles trocam as coleções a cada 3 meses, é muito bacana e fica na Miguel Tostes.

 

What’s in your bag? (tirar uma fotinho)

Carteira, 2 estojos de óculos, moedas soltas, um pen drive, uma nécessaire, celular, caneta, escova de cabelo e umas pulseiras da área VIP da Balonê!

 

Qual o produto de beleza que não sai da sua necessaire?

Lixa de unha, não vivo sem uma lixa de unha.

 

Quais os blogs que mais gosta de ler?

Pra ser bem sincera, no último mês tenho vindo para a internet pra escrever merda no FB e responder email, final de ano é correria. Adoro esmaltes, então estou sempre dando uma olhadinha no http://www.loucasporesmalte.com.br/ e também tem outro http://blog.maniadeesmalte.com.br/

Li esses dias o “Hoje vou Assim” e achei bem bacana. Gosto também das meninas que fazem o http://streetstylepoa.com.br/index/. É relax, descontraído e tem seções bacanas tipo “na firma”, “na coleção”, “na mala”.

Mas posso ser bem sincera (vou ser odiada por alguns, mas enfim é minha opinião pessoal) esses blogs que falam de moda hoje em dia só falam das mesmas pessoas, se tu usa All Star, camisa xadrez e óculos de grau (aquele que tu sempre vai parecer um retardado e mesmo assim tu acha moderno), nada contra, cada um com os seus problemas (eu tenho vários) mas reparem nesses blogs de moda de rua se não são todos iguais??? As fotos são todas iguais, acho meio cansativo. Não que tenha que se fotografar as minas estilo Pampacat e os manos de boné e corrente no pescoço (como eu disse antes, cada um com seu problema), mas só mesmo o estilo para determinar um estilo de moda de rua!! Vai pro Centro, senta 5 minutos ali na Esquina Democrática, fotografa 10 pessoas sem pré-conceitos de nada. Moda é muito pessoal, o que eu acho moderno e bacana minha irmã acha roupa de palhaço.

Então sugiro a galera sair para a rua, mas para a rua meeeesmo, porque fotografar boate na noite (onde ta todo mundo produzido, mesmo que queira parecer que saiu de casa sem nem olhar no espelho, a gente sabe que a pinta ficou hooooras dobrando a manga da camisa daquele jeito) e fotografar as pessoas que estão caminhando – desfilando – na Padre Chagas até eu faço né.

 

Taís, obrigada pela entrevista e concordo com você, pois é isso que sempre falo, quero ver blogs com fotos de moda de rua ali do centro, fotografar no Moinhos de Vento é muito fácil! Obrigada mais uma vez!

E aí meninas, o qe acharam da Taís? Concordam com ela?



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários