Menstruação atrasada após a vacina contra o Covid? Estudos confirmam essa ligação - We Fashion Trends
Menstruação

Menstruação atrasada após a vacina contra o Covid? Estudos confirmam essa ligação

1 de fevereiro de 2022

Menstruação atrasada após a vacina

Menstruação atrasada após a vacina: Já havia rumores há muito tempo, agora está confirmado: a vacinação contra o Covid-19 pode realmente afetar nosso ciclo menstrual. 

Você ficou sem menstruar após a vacinação contra o Covid-19? Desde a introdução da vacina Covid-19, muitas pessoas expressaram preocupação com os efeitos da vacinação. De fato, mais de 36.000 mulheres relataram irregularidades menstruais após a vacinação, como sangramento precoce (geralmente logo após a vacinação), manchas, sangramento intenso ou períodos bem dolorosos. Você deve ter notado isso durante o seu ciclo após a vacinação.

Estudos confirmam: a vacinação contra o Covid pode mudar nossa menstruação

Um novo estudo, financiado pelo National Institutes of Health (NIH) nos EUA, descobriu agora que a vacina Covid-19 resultou em um aumento da duração menstrual em ambos os ciclos de vacinação em comparação com os ciclos pré-vacinação.

Então agora temos a resposta para a pergunta que pode ter estado na mente de muitos de nós. Aliás, não há nenhuma razão para se preocupar. A Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia classifica uma mudança na duração do ciclo como completamente normal se for inferior a 8 dias. Diana W. Bianchi, MD, diretora do Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano Eunice Kennedy Shriver, diz: “É reconfortante que o estudo tenha encontrado apenas uma mudança pequena e transitória nos períodos menstruais das mulheres. Pela primeira vez, temos a oportunidade de fornecer às mulheres conselhos ainda melhores sobre o que esperar da vacina COVID-19 para que possam planejar adequadamente”.

O resultado dos estudos

Embora os resultados do primeiro estudo tenham mostrado que existe de fato uma ligação entre a vacina Covid-19 e os períodos menstruais, se observa que permanecem dúvidas sobre outras possíveis mudanças no ciclo menstrual. Por exemplo, “sintomas menstruais, sangramento não planejado e alterações na qualidade e quantidade do sangramento menstrual”.

Um segundo estudo do Instituto Norueguês de Saúde Pública coletou relatos de distúrbios menstruais de 5.688 mulheres com idades entre 18 e 30 anos e examinou a ocorrência de tais distúrbios antes e depois da primeira e da segunda dose da vacina. Os pesquisadores concluíram que “irregularidades menstruais em geral eram comuns, independentemente da vacinação”, mas acrescentaram que havia “um aumento significativo nas irregularidades menstruais pós-vacinação, que o sangramento era mais pesado que o normal, duração mais longa e intervalos curtos entre as menstruações”.

Veja também: Menstruação: o que os homens precisam saber para não ficar perdidos

Este artigo foi originalmente publicado em glamourmagazine.co.uk.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

COMO LIMPAR BIJUTERIAS