No Reino Unido, os influenciadores não podem mais usar filtros "enganosos" em anúncios de beleza | We Fashion Trends
Beleza Bem-Estar Comportamento Psicologia

No Reino Unido, os influenciadores não podem mais usar filtros “enganosos” em anúncios de beleza

12 de fevereiro de 2021

influenciadores-proibidos-de-manipular-imagens-em-produtos-de-beleza

Todos os dias somos impactados com influenciadores anunciando uma base que deixa a pele perfeita, um creme para estrias que some com elas ou corpos “perfeitos” sem estrias. Mas no Reino Unido essa realidade já está mudando. Os influenciadores das redes sociais foram informados de que não podem mais usar filtros “enganosos” em anúncios de beleza, decidiu a Advertising Standards Authority (ASA) do Reino Unido.

A ASA afirmou que os filtros não devem ser usados se ‘exagerarem o efeito de um cosmético ou de cuidados com a pele’ vendido na plataforma. Por exemplo, isso significa que alguns de nossos influenciadores de beleza, marcas e celebridades favoritas não serão capazes de usar um filtro que altere a tonalidade ou a textura de um produto anunciado (imagens de pele perfeitas e irrealistas, vão sumir).

Quaisquer anúncios que violem essas regras serão removidos e proibidos de aparecer nas plataformas novamente. A nova decisão é uma resposta à campanha #filterdrop, que pede às marcas e influenciadores que revelem se estão ou não usando filtros em produtos cosméticos que estão anunciando.

Por uma campanha de peles reais

Sasha Pallari, a influenciadora de 29 anos que iniciou a campanha, disse à BBC que estava “nas nuvens”. Ela acrescentou: “Eu sinto que o efeito prejudicial que isso está tendo sobre os usuários de mídia social foi finalmente levado a sério e este é um grande passo na direção certa sobre como os filtros são usados e a forma como os cosméticos são anunciados online”.

Pallari disse que era um assunto pelo qual ela era apaixonada há ‘muito tempo’ e que ela recebe todos os dias mensagens de mulheres que sentem que não podem corresponder aos padrões de beleza irrealistas vistos nas redes sociais.

Para tomar sua decisão, a ASA analisou dois exemplos onde um filtro foi adicionado a vídeos anunciando produtos de bronzeamento. Eles afirmam que os anúncios “exageraram enganosamente o efeito que o produto foi capaz de alcançar”.

Um porta-voz da ASA acrescentou: “Um foco contínuo de nosso trabalho nesta área continua a ser aumentar a conscientização sobre as regras e apoiar os influenciadores com a orientação e as ferramentas de que precisam para ajudar a colocar seus anúncios da maneira certa.

“Também estamos trabalhando em estreita colaboração com as plataformas de mídia social que podem e irão fazer cumprir nossas decisões quando um anunciante não quiser ou não puder trabalhar conosco.”

influenciadores-celebridades-filtros-enganosos-photoshop

A questão não é nova, todos nós sabemos agora que a mídia social tem uma influência negativa na imagem corporal, especialmente para as meninas. 

Essas imagens de pele lisa, cinturas apertadas, olhos brilhantes e nenhuma chamada ‘falha’ à vista tornaram-se tão normalizadas – você pode acessar o FaceTune com o toque de um botão. Você não precisa mais ser um gênio do PhotoShop para alterar completamente uma foto, tudo que você precisa é de um smartphone. 

Esperamos que essa ideia chegue logo no Brasil!




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

COMO FAZER O AUTOEXAME DAS MAMAS