O que é a estética indie sleaze e como você pode usar essa tendência - We Fashion Trends
Estilo Moda Tendência

O que é a estética indie sleaze e como você pode usar essa tendência

28 de fevereiro de 2022

estética indie sleaze

Estética indie sleaze: Calças skinny, vestidos de oncinha, sapatilha bailarina… Tudo indica que nesta temporada voltaremos a nos vestir no estilo de Alexa Chung, Chloë Sevigny e as irmãs Olsen em 2010.

No mundo da moda, as tendências tendem a retornar a cada 20 anos, mas esse intervalo de tempo está se tornando cada vez mais acelerado devido a redes sociais como o TikTok. O fascínio da geração Z pelos anos 2000, que não viveram nessa época, tem sido responsável pelo fato de agora todas as lojas terem roupa na estética Y2K e de marcas como Juicy Couture ou Kangol voltarem a estar na moda.

Além disso, vimos como as tendências do Tumblr em 2014 estão voltando lentamente e até mesmo o estilo dos primeiros blogueiros em 2008 passando de brega estão passando para cool. Na verdade, uma usuária da rede social, Mandy Lee (@oldloserinbrooklyn) que precedeu que essa estética, apelidada de  indie sleaze, volte à moda na primavera deste ano.

Leitura recomendada: Tendências da era Tumblr podem retornar em 2022

Traduzido literalmente como indie descontraído, este é o estilo que reúne todas as tendências de 2008 a 2010 na era Fotolog. Naquela época, as famosas exibiam seus looks através de fotos que tiravam em festas, em eventos ao pé da passarela. Blogs como o de Cory Kennedy e The Cobrasnake eram bíblias autênticas que todos nós visitamos para ver as últimas roupas de Alexa Chung, Chloë Sevigny ou as irmãs Olsen. Agora, o buscador de moda Lyst confirmou que, de fato, aumentou as buscas por jeans skinny (+20%), sapatos plataforma (+48%), blusas transparentes (+35%) e vestidos naked (+60%).

Sem falar na recente obsessão pela bolsa City da Balenciaga (37% mais buscas em janeiro) e sua recente reinterpretação, a bolsa Le Cagole. Tudo indica que nesta temporada, o indie sleaze vai voltar furtivamente ao nosso armário e, quem sabe, talvez revisitemos os blogs míticos para se inspirar todas as manhãs. Aqui damos as 15 dicas para esta estética e como incorporá-la aos seus looks diários.

Estética indie sleaze

Lista para Glastonbury

Nem Coachella nem Mad Cool, o festival de moda de 2010 foi Glastonbury e o clima na Inglaterra quando é comemorado não permite ir de biquínis e mini vestidos florais. Em vez disso, provavelmente choverá, e é por isso que celebridades como Alexa Chung optaram por botas de borracha estilo Hunter combinadas com meia alta até a coxa, jaquetas de motoqueiro e shorts jeans, que ficavam ótimos com blusas listradas.

Leia: Como combinar blusa listrada: 7 dicas de estilo

As camisas xadrez

Como uma sobrecamisa, um vestido, amarrado na cintura… Camisas xadrez e, principalmente, camisas de lenhador, são daquelas peças que resolvem qualquer look do dia a dia e que, usadas de forma original, podem ser usadas para criar looks como este. Se você tem uma camisa XXL ou um estilo oversize, tente combiná-la com botas de salto alto e use como um vestido.

Estética indie sleaze: Maxi óculos e turbantes

Tão importante quanto os suéteres e as calças, eram os acessórios. É por isso que as bolsas de ombro pretas com tachas eram tão populares e os óculos de sol eram obrigatórios. Mas sem dúvida o detalhe indie sleaze foi o turbante, que junto com alguns anéis de prata estilo boho dá um toque muito mais alternativo ao look.

Confira: Como usar um turbante com estilo

Os casacos de pele

Dentro desse estilo inspirado em Kourtney Love, na série Skins e no grunge mais glamouroso, os casacos de pele eram perfeitos até para usar no tapete vermelho. Sandálias de plataforma e meias arrastão furadas poderiam ser muito mais casuais se não fosse o casaco de pele.

Estética indie sleaze: As camisetas gráficas

T- shirts originais estavam na ordem do dia, fossem elas com uma mensagem, impressas ou de um grupo musical, por isso gostamos tanto desta. O verdadeiro toque divertido, porém, são os jeans rasgados com os mocassins.

O lenço

Dois ícones do estilo 2010 se unem nesta foto: lenços e estampa de leopardo como o animal print definitivo. Para combinar este tipo de acessórios, o habitual era optar por casacos em tons mais discretos, como este trench coat que se mistura com jeans e com sapatos que também combinam com o lenço.

Estética indie sleaze: Estilo roqueiro

Em meados dos anos 2010 houve um boom no estilo rock, impulsionado principalmente pelas bandas de rock alternativo que estavam tão na moda. Por isso, era comum ver jaquetas e saias com efeito de couro combinadas com camisas de lenhador e meias arrastão. O toque legal? Os saltos curvos à la Lady Gaga, que estavam divinos na foto mas era quase impossível andar com eles.

Veja: O estilo pop-punk está oficialmente de volta à moda

A estampa de leopardo

De todas as estampas usadas na época, a estampa de oncinha foi a mais replicada. Você pode encontrá-lo em todos os tipos de roupas, incluindo vestidos de festa como este que ficam ótimos com sandálias de salto alto e bolsas vermelhas, que dão um toque de cor.

As botas militares

Continuando com essa mistura de rock e estilos alternativos que se unem no indie sleaze, o coturno dr. Martens eram o calçado definitivo para todas as meninas. Basta usá-los com jeans rasgados e uma camiseta listrada para ter um look digno. Um conselho: para realmente seguir esse estilo, opte por usar o cabelo despenteado.

Os acessórios são a chave

Se os famosos e influenciadores não esqueceram de algo, foi de usar acessórios. Faixas, óculos de sol, bolsas estampadas, sandálias com vários ilhós… Era disso que se tratava o estilo de Alexa Chung, transformando uma blusa e jeans do dia a dia em um look street style.

O toque hispânico

Pode-se dizer que vestir preto se tornou quase uma religião em 2008 entre a geração indie sleaze. Agora, o alvorecer do movimento hipster estava fervilhando e os famosos gorros de tricô caídos estavam super na moda.

Chapéus fedora

Pode ser o visual mais indie sleaze até hoje. Não pela cor do cabelo ruivo, que foi muito usado, mas pela combinação de uma camiseta estampada longa combinada com shorts curtos e um chapéu fedora preto. Adicione algumas botas e você está perfeita para ir ao festival.

As bolsas estilo médico

As irmãs Olsen foram verdadeiros ícones de estilo dentro dessa estética e tudo o que vestiam virou tendência. Assim, conseguiram que todos usássemos casacos de oncinha, chapéus de aba e a famosa ‘bolsa médica’, semelhante à Hermès Birkin e com uma estética retro que nos enlouqueceu.

O estilo grunge

Outra razão pela qual adoramos a estética dos anos 2008, é por causa de como era fácil ir bem vestido para uma festa sem ter que se esforçar muito. O estilo rocker como o usado por Kourney Kardashian já era usado por Sky Ferreira na época e ela sempre o complementava com lindos lábios vermelhos e cabelos longos e bagunçados.

Os vestidos de flores

Os vestidos florais são um básico do guarda-roupa, mas cada vez com um novo estilo. Dentro do indie sleaze, a chave é combiná-lo com uma jaqueta estilo motociclista e botas altas, às quais você pode adicionar meias pretas grossas.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

TENDÊNCIAS PARA A PRIMAVERA-VERÃO 2023