Os 10 mandamentos da viagem aérea: lembre-se de seus direitos | We Fashion Trends
Viagem

Os 10 mandamentos da viagem aérea: lembre-se de seus direitos

30 de novembro de 2018

giphy

Atrasos, cancelamentos e planos de viagem destruídos: 2018 tem sido o pior ano da Europa em termos de interrupções de voo, com um número recorde de planos de viagem dando errado. No entanto, não importa o que esteja errado, para a sua próxima viagem você está preparado, pois a AirHelp explica os 10 mandamentos da viagem aérea: esses são os direitos que você sempre precisa lembrar ao viajar.

1: Cuidarás de si mesmo/O direito de cuidar

giphy (1)
O que poderia ser pior do que esperar por um voo atrasado? Ter que esperar esse atraso enquanto o avião está na pista! Muitos viajantes não sabem que realmente tem certos direitos nessas situações irritantes. Após duas horas de tempo de espera, a tripulação da companhia aérea precisa lhe fornecer água e ar condicionado. Caso o atraso exceda cinco horas, você está legalmente autorizado a pedir para sair do avião e retornar ao portão. Mas se você está esperando o seu vôo atrasado no portão em vez do asfalto, a companhia aérea é obrigada a fornecer refeições, bebidas e acesso a telecomunicações depois de duas horas de tempo de espera.

2: Você receberá um bom hotel/Seu direito a um hotel

giphy (2)
A questão de saber se você deve ou não pagar por uma estadia em hotel não planejada após um voo interrompido, é algo que até os viajantes freqüentes não têm certeza. Na verdade, se a partida do seu voo atrasar até depois da meia-noite, a companhia aérea deve providenciar um alojamento adequado para você, e até mesmo precisa cuidar do seu transporte até o hotel. Você tem direito a uma acomodação em hotel, mesmo que o atraso real do voo não seja culpa da sua companhia aérea.

3: Tua bagagem deverá estar organizada/os seus direitos de bagagem

giphy (3)
Durante uma viagem aérea, há tantas coisas que podem dar errado quando se trata de sua bagagem. Portanto, será música para seus ouvidos ouvir que existe um regulamento chamado Convenção de Montreal que concede a você o direito a uma compensação financeira caso sua mala seja atrasada, perdida ou danificada. Para certificar-se de receber a compensação, você deve preencher um relatório diretamente no balcão de bagagens do aeroporto e registrar sua solicitação dentro dos prazos específicos. E isso vale mesmo a pena, pois uma pesquisa recente da AirHelp mostrou que 66% dos europeus que pedem compensação acabam recebendo alguma coisa.

4: Amai seus animais/Direitos do teu animal de estimação

giphy (4)
Os amantes de animais não precisam ficar em casa nas férias, desde que se familiarizem com os direitos dos bichinhos ao levá-los em um avião. Especialmente importante à luz das recentes tragédias, a tripulação não pode forçá-lo a sempre “despachar” seu animal de estimação. Enquanto animais maiores, assim como alguns “perigosos” precisam viajar com a bagagem despachada, você é livre para levar seu pequeno animal de estimação com você a bordo como bagagem de mão.

5: Tuas feridas serão compensadas/Direitos das lesões

giphy (5)

Se você sofrer algum tipo de lesão enquanto estiver no avião, terá direito a uma compensação financeira. Antes, esse valor estava limitado a 8.300$. Graças a uma modificação do regulamento internacional da Convenção de Montreal, você pode ganhar até US$ 138.000. Também vale a pena saber que, se o seu caso exigir ação legal, você poderá levá-lo a um tribunal em seu país de origem, caso a companhia aérea opere voos para lá.

6: Ajudarás ao próximo/Direito de ajudar

giphy (6)
Acontece o tempo todo nos filmes: um passageiro sofre um ataque cardíaco, a equipe pergunta “há um médico a bordo?” E George Clooney intervém para salvar o dia. Mas e se uma urgência médica acontecer na vida real? Vale a pena saber que você tem o direito de ajudar. Mesmo que você não seja médico, você pode auxiliar outro passageiro em necessidade, e você está coberto por um seguro se o fizer.

7: Voarás mesmo com overbooking/seus direitos quando negado o embarque

giphy (7)
Vender mais bilhetes para um voo do que assentos disponíveis é uma prática comum na indústria da aviação, o que por vezes leva a situações em que o embarque é negado aos passageiros, embora cheguem ao portão a tempo, prontos para embarcar no voo. Como esta é uma situação extremamente frustrante, a companhia aérea não pode se safar oferecendo apenas um vale-refeição como consolo. Em vez disso, de acordo com a lei do consumidor EC261, você tem direito a uma compensação financeira imediata de €250 a €600, além de ser reservada em um voo alternativo para o seu destino final ou receber um reembolso pelo seu bilhete.

8: Serás tratado igualmente/direito de viajar

giphy (8)
Se você ou seu companheiro de viagem tem uma deficiência, pode encontrar diversos problemas ao planejar sua viagem do que pessoas sem deficiência. Especialmente devido a isso, ninguém deve ter permissão para colocar ainda mais obstáculos no seu caminho. Portanto, a menos que a aeronave seja fisicamente muito pequena, nenhuma companhia aérea pode recusar o embarque em um avião devido a uma deficiência, já que eles precisam verificar se o serviço de transporte já é possível durante a reserva. Isto porque todas as companhias aéreas europeias estão sujeitas à legislação europeia, o que exige que concedam os mesmos direitos a todos os passageiros, com ou sem deficiência.

9: Serás escutado/Direito à queixa

giphy (9)
Viajar de avião há muito tempo foi um privilégio de luxo. Mas aqueles “bons velhos tempos” já passaram há muito tempo e viajar de avião tornou-se algo normal, assim como pegar um trem. No entanto, quando as coisas correm mal e a sua viagem é interrompida, os passageiros ainda muito raramente se queixam ou reivindicam compensação pelo incómodo pelo qual passaram. Uma das principais razões para isso é que, ainda assim, globalmente, 87% dos viajantes não conhecem seus direitos como passageiros aéreos. Além dos seus direitos a compensação, sempre é possível reclamar quando uma companhia aérea não cumpre o serviço prometido. Alguns podem até levar seus comentários a sério e tentar melhorar o serviço deles.

10: Terás direito a compensação/Ajuda em problemas

giphy (10)
Finalmente, ao abrigo da lei europeia EC261, é-lhe concedida uma compensação de até €600 por pessoa por longos atrasos ou cancelamentos de voos. Este direito aplica-se a todos os voos que partem de um aeroporto europeu, bem como a todos os voos que aterrissam na UE quando operados por uma transportadora sediada na UE. Se você teve um voo interrompido, poderá reivindicar sua compensação até 3 anos após a data do seu voo. O AirHelp oferece uma verificação de elegibilidade gratuita através do site ou do scanner de cartão de embarque integrado ao aplicativo, para que você possa verificar se você ainda deve receber dinheiro no portão de embarque.

 



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários