Os 5 tipos de passageiros mais irritantes de um avião e como não ser um deles | We Fashion Trends
Comportamento Viagem

Os 5 tipos de passageiros mais irritantes de um avião e como não ser um deles

28 de agosto de 2018

passageiros-irritantes

O comportamento dos viajantes faz uma grande diferença em uma viagem de avião. A partir de uma pesquisa sobre etiqueta em voos, a Expedia listou os tipos de passageiros mais irritantes segundo os brasileiros. Confira os 5 tipos passageiros que são campeões em reclamação em todo o mundo (e não seja assim):

5 Tipos de passageiros irritantes

  1. Chutador de assentos (50%)
  2. Passageiro superaromático (45%)
  3. Os pais desatentos (40%)
  4. Aqueles que não respeitam o espaço alheio (35%)
  5. Os que falam alto ou escutam música alto (30%)

Saiba mais sobre os tipos mencionados acima e como não ser um deles…

1) Passageiros que chutam o assento em frente

O problema: quando reclinar o assento incomoda?

O chutador de assentos é o tipo de passageiro irritante que recebeu mais votos dos brasileiros. Muitas vezes, isso acontece porque o assento da frente está reclinado e sobra pouco espaço para quem está atrás.

Segundo a pesquisa:

1. 42% dos passageiros reclinam o assento somente na hora de dormir ou 38% se o voo tiver mais de 3 horas

2. Cerca de 35% dos brasileiros reclinam o assento assim que é permitido

A solução: seguir a etiqueta para reclinar o assento no avião

Enquanto 25% dos americanos da pesquisa acreditam que reclinar o assento é falta de consideração com o passageiro que está atrás, somente 4% dos brasileiros concordam com isso.

Curiosamente, o chutador de assentos é o tipo de passageiro que mais irrita os brasileiros. No seu próximo voo, coloque-se no lugar da pessoa que está atrás de você e recline o seu assento somente se necessário. E caso você chute o assento de alguém, peça desculpas.

2) Passageiros que tiram os calçados e as meias no avião

O problema: chulé no avião

O passageiro superaromático vem logo em seguida no ranking de passageiros irritantes.

Cerca de 90% dos entrevistados globais concordam que não é legal ficar descalço no avião. Por mais que o incômodo com passageiros descalços seja menor entre os brasileiros (40%), é importante evitar aborrecimentos com o passageiro ao lado, ainda mais em uma viagem internacional.

A solução: tirar ou não tirar o calçado e as meias no avião

Ficar confortável durante o voo é uma tarefa difícil, mas há uma maneira simples de melhorar a situação. Apenas tire o sapato e continue com as meias, e nunca, nunca mesmo, coloque os pés no encosto do assento da frente.

3) Passageiros que não prestam atenção nos filhos

O problema: crianças agitadas no voo

Os pais desatentos levam a medalha de bronze do ranking. Mas crianças em um avião não precisam ser necessariamente um problema.

A solução: tente deixar as crianças tranquilas

Não é fácil ser pai e mãe: os bebês tendem a chorar, o que pode ser irritante, mas é compreensível; já crianças maiores precisam ser acompanhadas de perto para se comportarem adequadamente em um avião.

Fique atento aos seus filhos e confira estas dicas:

1. Rotina é tudo – escolha voos nos horários em que as crianças normalmente dormem. Assim, elas chegam mais descansadas ao destino.

2. Foco na preparação – fazer uma lista é uma boa maneira de não esquecer nada, desde tablets até canetas, cobertor, garrafas etc.

3. Parada estratégica – se o destino for muito longe, aproveite uma das conexões para dormir em um hotel.

4. Alimentação – leve lanches para as crianças e verifique se a companhia aérea oferece refeições específicas para os pequenos.

5. Conforto é essencial – quanto mais confortável e funcional a roupa, melhor. Lembre-se de levar trocas de roupa.

6. Bagagem de mão – seja estratégico ao escolher os itens que levará na bagagem de mão.

7. Fone de ouvido – muitas vezes, o fone de ouvido distribuído no avião não é adaptado para crianças. Leve o seu e evite problemas.

4) Passageiros que invadem o espaço alheio

O problema: passageiros que passam por cima de você para ir ao banheiro

Aqueles que não respeitam o espaço alheio são outro tipo mencionado de passageiros irritantes. Os brasileiros não gostam quando os viajantes passam por cima de sua poltrona durante o voo e são, também, os que menos fazem isso.

A solução: defina a sua preferência antes da decolagem

Diga ao seu companheiro de assento para acordar você caso precise ir ao banheiro. Esse gesto de gentileza antes mesmo de decolar garante uma viagem mais tranquila, mesmo em um voo longo.

5) Passageiros que ouvem música em alto volume

O problema: música alta que escapa dos fones

Os que falam alto ou escutam música alto também irritam os viajantes brasileiros.

A solução: seja gentil ou use fones

Mais de 30% dos brasileiros consideram irritante quem ouve música no avião em alto volume.

Se você passar por essa situação, sugerimos duas saídas: pedir gentilmente para a pessoa diminuir o volume ou trazer seus próprios fones de ouvido.

Bônus: o que a pesquisa sobre etiqueta em voos revelou sobre estadias em hotéis?

O que mais incomoda os viajantes ao chegar no hotel?

  • Percevejos
  • Camisinha usada
  • Cheiro de cigarro
  • Mau cheiro
  • Ambiente sujo é o principal motivo para solicitar a troca de quarto.
  • A maioria dos viajantes admite ocultar itens de valor ou não deixá-los no quarto.

Este estudo foi realizado em nome da Expedia pela Northstar Research Partners, uma empresa de pesquisa estratégica global. A pesquisa foi realizada on-line de 22 a 19 de março na América do Norte, Europa, América do Sul e Ásia-Pacífico, usando um grupo dos melhores painéis da categoria. O estudo foi realizado entre 18.229 entrevistados em 23 países.



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários