Pessoas de sucesso aderem a ESTAS 4 regras simples de vida | We Fashion Trends
Bem-Estar Carreira Comportamento Sucesso

Pessoas de sucesso aderem a ESTAS 4 regras simples de vida

23 de janeiro de 2019

mulheres-de-sucesso

O sucesso na vida parece diferente para todos, mas o caminho para isso é sempre o mesmo. Existem algumas dicas que quase todo mundo tem que seguir para ter sucesso. E felizmente elas não são tão complicadas assim.

Uma pessoa pode medir o sucesso pelo dinheiro, outros pelas realizações de vida e tem também que ache que sucesso é a realização da vida familiar. Todo mundo define o sucesso de forma um pouco diferente. Mas todos eles têm uma coisa em comum: existem certas regras que (quase) sempre levam ao sucesso. E são essas quatros:

1. Simplifique sua vida

A bagunça em casa ou na mesa está muitas vezes diretamente ligada ao caos em sua cabeça. Muitas pessoas subestimam drasticamente a quantidade de energia que nos causa a desordem e falta de planejamento. Mesmo os espíritos livres que dizem que não precisam de ordem para conseguir criar, se beneficiam de um espaço simples e organizado.

A solução é bastante simples: limpe sua vida e traga um pouco de estrutura. Vá de quarto em quarto em sua casa e organize corretamente. Doar tudo o que você não precisa mais (ou nunca usou). Sua casa será mais direta e tranquila. Isso terá um efeito positivo no seu nível de estresse.

Na próxima etapa, você também simplificará suas tarefas: pense cuidadosamente se realmente quer fazer o que você tem evitado fazer por meses. Se não tiver sido feito por meses, a probabilidade é muito alta de que isso não importa. Defina prioridades rigorosas e exclua tudo da sua lista, o que não lhe dá nenhum prazer ou não é essencial.

2. Planeje sua vida cotidiana

Ninguém pode planejar sua vida. Podemos tentar, mas não é à toa que devemos contar a Deus sobre nossos planos, se quisermos fazê-lo rir. Principalmente, a vida é diferente do que você pensa, e na maioria das vezes você fica mais feliz com isso.

Mas você pode planejar sua vida cotidiana muito bem e você também deveria. Este plano fornece um andaime onde você pode trabalhar o dia todo. Por um lado, você pode fazer mais e, por outro lado, não se esquecerá de nada. Portanto, faça um esforço para gravar suas tarefas para cada dia. Melhor classificado por prioridade e em um planejador. Como resultado, você coletou suas tarefas diárias, semanais e mensais, assim como suas metas anuais em um único lugar, e nunca perde o controle.

3. Deixe de lado o passado

Este ponto é provavelmente o mais efetivo nessa lista. Um exemplo: uma pessoa estranha nos espeta e ficamos de mau humor. Nossa colega, por sua vez, fica de mau humor e entra em conflito com outra. Por causa do conflito, estamos distraídos e fazemos uma apresentação ruim na próxima reunião. Isso deixa uma má impressão. No final do dia temos a certeza: foi um dia do cão.

O gatilho, ou seja, o comportamento mal-intencionado de um estranho, era uma ninharia absoluta. Talvez a pessoa não estivesse ciente de seu efeito sobre nós, talvez ela estivesse ciente disso e agora está arrependida. Em qualquer caso, este incidente não tem efeito em nossas vidas, a menos que nós o permitamos.

Se nesse exemplo nós simplesmente não deixássemos que nosso temperamento fosse influenciado, o conflito com o colega não teria se materializado. Em suma, teria sido um bom dia com um pequeno incidente.

Portanto, é o maior prazer que podemos fazer quando abandonamos o passado. Não podemos reescrever o passado, mas podemos melhorar o presente.

4. Faça o que você não sente vontade de fazer

Há coisas que não temos vontade de fazer porque não gostamos delas. Mas também há muitas coisas que não temos vontade de fazer porque, no início, são desconfortáveis.
Achamos exercícios extenuantes, mas estamos sempre orgulhosos de nós mesmos após o treinamento. Temos um pouco de medo de viajar sozinhos, mas aproveitamos a liberdade que vem quando estamos de férias.

O desafio para este ano é filtrar essas coisas. O que estamos realmente fazendo e quais são as outras coisas por trás, como conforto, hábito ou até mesmo alguma ansiedade. Muitas vezes, essas mesmas coisas são um sinal de que devemos fazê-lo. Uma vez que superamos nossa zona de conforto, muitas vezes experimentamos as coisas mais excitantes.



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:



Sem Comentários

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.