Protetor solar mineral: saiba o que é - We Fashion Trends
Beleza Pele

Protetor solar mineral: saiba o que é

18 de julho de 2022

protetor solar mineral

Porque escolher um protetor solar mineral: Encontrar o melhor protetor solar não é  mais tarefa tão difícil como costumava ser. O que antes eram cremes grossos, gordurosos e pesados, com garantia de deixar um tom branco como giz na pele, passaram para opções mais leves e sofisticadas. Hoje em dia, um bom protetor solar mineral em muitos casos substitui até mesmo a base.

Uma atualização rápida: os protetores solares vêm em duas formas: químicos, que são absorvidos pela pele, e minerais ou físicos, que ficam na superfície da pele – e é por isso que eles podem ser um pouco mais complicados de espalhar. Mas, ele é essencial em sua rotina de cuidados com a pele por fornecer proteção de amplo espectro (ou seja, bloquear os raios UVA e UVB) contra a exposição ao sol, que pode proteger contra o câncer de pele e os primeiros sinais de envelhecimento.

O que é Protetor solar mineral?

Protetor solar mineral é um tipo de protetor solar formulado com os minerais óxido de zinco ou óxido de titânio – ou às vezes ambos – como o ingrediente ativo que fornece proteção UV. Os minerais ficam na superfície da sua pele e agem como espelhos microscópicos para refletir os raios nocivos. Em contraste, os filtros solares químicos funcionam absorvendo os raios UV e convertendo-os em calor, que é então liberado pela pele.

Embora o melhor protetor solar mineral SPF seja aquele que você usará todos os dias, especialistas estão recomendando protetores solares físicos para pessoas com pele propensa a acne ou sensível. 

Como o FPS mineral não é absorvido pela pele, é menos provável que obstrua os poros e tende a ser mais suave na pele sensível do que o protetor solar químico. Outra vantagem é que são imediatamente eficazes contra os raios solares (a maioria dos protetores solares químicos leva cerca de 20 a 30 minutos) e tendem a precisar de menos reaplicação.  

Também há uma preocupação recente com os ingredientes encontrados em protetores solares químicos e, em maio de 2019, o FDA propôs novos regulamentos para eles. Dos 16 ingredientes de proteção solar atualmente aprovados que as marcas podem usar, os únicos dois considerados oficialmente seguros foram os bloqueadores físicos, óxido de zinco e dióxido de titânio. A FDA pediu mais pesquisas sobre os outros 12, que são normalmente encontrados em filtros solares químicos. Se você está preocupado com esses ingredientes, é melhor ficar com o mineral. (Se você vir oxibenzona, octinoxato, octocrileno e avobenzona,

provavelmente está lidando com uma combinação mineral-química ou apenas química.)

As vantagens do protetor solar mineral

Protetores solares minerais são muito mais seguros para pessoas preocupadas com a exposição a longo prazo. Também são ideais para crianças, pessoas com pele sensível e pessoas com melasma. A dissipação de calor dos filtros solares químicos pode exacerbar o melasma.

E, ao contrário dos protetores solares químicos, os protetores solares minerais podem ser aplicados em cima de maquiagem e outros produtos de cuidados com a pele.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

CAREUP REDUZ ATÉ 10 CM DAS MEDIDAS EM 1 SESSÃO