Shampoos com silicones causam queda de cabelo - We Fashion Trends
Beleza Cabelos Tratamentos de beleza

Shampoos com silicones causam queda de cabelo

14 de dezembro de 2021

Shampoos com silicones

Shampoos com silicones: Verdadeiro ou falso? Será que esse é um mito de beleza ou o silicone realmente interfere nos cabelos? 

Não vamos contar nada de novo: se você quer exibir um cabelo perfeito, tem que começar com um bom shampoo. Se você escolher bem o shampoo, já terá feito mais da metade. Mas como escolher o produto certo? Já falamos que shampoo que faz muita espuma não significa que limpe melhor ou que seja mais eficaz e que lavar o cabelo apenas com condicionador é uma má ideia. Mas agora chegou a hora de falar sobre os temidos silicones.

O que são silicones dos shampoos e para que servem?

Os silicones conseguem melhorar a aparência dos nossos cabelos neste momento, sobretudo, criando um efeito estético de brilho e maciez. Porém, é uma mera miragem, na realidade eles não estão cuidando disso e, de fato, a longo prazo, pode acabar ressecando seus fios. Atuam aderindo à fibra capilar, adicionando peso e bloqueando a permeabilidade das escamas, dificultando a penetração de qualquer tratamento. Funcionam como uma máscara que cobre os cabelos, mas sem deixar mais macio ou tratar.

Leitura recomendada: 4 dicas para escolher o shampoo ideal de acordo com o seu tipo de cabelo

Existem dois tipos de silicones no shampoo: solúveis e insolúveis

O silicone solúvel é retirado com água, o segundo descartado com sulfatos. Caso o produto capilar que utilizamos contenha silicone insolúvel, devemos saber que ele causa desidratação, pois destrói a oleosidade natural do cabelo. Devemos fugir dos silicones NÃO SOLÚVEIS e dos produtos de silicone que não podem ser retirado a cada lavagem. Os silicones são usados para soros, máscaras e outros produtos para o tratamento dos cabelos, e são necessários para que a formulação funcione. O problema é se o tipo de silicone utilizado não é solúvel.

Quando os silicones não são solúveis, eles permanecem aderidos à cutícula do cabelo, evitando que os produtos capilares penetrem nos princípios ativos reparadores através da cutícula e atinjam a matriz capilar, isolando o cabelo de possíveis tratamentos regenerativos que, por outro lado, os silicones solúveis vão dispensar na lavagem, pois permitem que os cuidados posteriores enxerguem os cabelos sem deixá-los isolados.

Os silicones causam queda de cabelo?

Embora mais de 50% dos homens e 25% das mulheres sofram de algum tipo de alopecia, com o tratamento adequado obtêm-se resultados eficazes. Fatores como estresse, má alimentação ou causas genéticas podem ocasionar em queda de cabelo. Mas e quanto aos silicones? Eles têm algo a ver com isso?

Os silicones permanecem aderidos à cutícula e requerem shampoos de sulfato para remover seus vestígios. Presentes em ceras, condicionadores ou máscaras, conferem brilho e vedam a cutícula. Se não forem removidos regularmente, impedem a hidratação e nutrição da cutícula. Mas eles não causam queda de cabelo nem prejudicam a evolução de diferentes alopecias.

Cuidado com os ingredientes

A composição das máscaras e outros produtos para o cabelo é muito importante. Especialistas destacam que quanto mais concentrado e natural, melhor (desta forma, mais eficaz e respeitoso será com os nossos cabelos).

As máscaras mais baratas tendem a incorporar ingredientes mais sintéticos, como silicones, que mascaram o cuidado. Por isso, sempre recomendamos produtos com alto percentual de princípios ativos naturais. Também é fundamental saber escolher a máscara, por exemplo, para cabelos muito danificados, recomendamos aquelas máscaras à base de óleo de coco ou mel que nutrem, retêm a umidade e evitam quebras. Para cabelos desidratados, aqueles à base de azeite são muito bons. É escolher aquele que sabemos que vai nos dar o que precisamos e, além disso, sem criar mais danos.




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

GUIA DE VIAGEM EM ISTAMBUL