Tendências da moda que você ainda não conhece | We Fashion Trends
Estilo Moda Tendência

Tendências da moda que você ainda não conhece

27 de agosto de 2021

tendências da moda

Tendências da moda

Neste post nós vamos falar sobre as últimas tendências que estão fazendo sucesso e conquistando muitos corações por aí. Também vamos conversar sobre estilo, personalidade, tendências e muito mais. Afinal, a moda vai muito além de comprar as últimas trends lançadas no mercado. Tem a ver com a sua personalidade e como você quer que as pessoas te enxerguem. E é claro, como você mesma quer se ver no espelho.

Mas para começarmos, você sabe o que são tendências?

A tendência é o que está em alta no momento. Ou seja, aquela predominância de cor, formato, design que está em diversas mídias. Como na TV, ruas e principalmente nas redes sociais com o fenômeno das influencers e blogueiras.

No entanto, antes de chegarmos até as tendências, passamos pelo estilo. Ou seja, nem uma referência nasce como uma trend. Afinal, é impossível um estilista adivinhar o que vai de fato agradar o público. E é aí, que entra a diferença entre moda e estilo.

Você sabe qual é essa diferença?

É muito comum as pessoas chegarem para a gente e falar: Nossa, como você está estilosa!

No entanto, todos nós somos sempre estilosos, independente se a roupa faz parte de uma trend ou não. Ou seja, o estilo é a sua personalidade, que se está presente no visual, com certeza você montou um look estiloso.

Já a moda é o que construímos com o estilo de uma marca e com o nosso próprio estilo. Cada marca possui ou pelo menos deveria ter o seu próprio estilo. Assim como cada um de nós. Logo, unimos o estilo da marca com o nosso, lançando até mesmo uma tendência. E assim fazemos a moda!

Lindo não é mesmo?

Slow Fashion x Fast Fashion

Já que estamos mergulhando de cabeça no mundo da moda é importante falarmos sobre o fast e slow fashion. Afinal, você sabe qual a diferença e qual o impacto que essas duas modalidades trazem para a moda e principalmente para o mundo?

Vem comigo que eu te explico!

  • Fast Fashion – Esta forma de produção tem se tornado bastante polêmica, além de ser alvo de grandes debates e questionamentos. Mas vamos à definição ao pé da letra desta expressão: moda rápida. Ou seja, fast fashion significa o consumo e descarte constante de novas peças sem ter uma real necessidade de compra. A grande questão que tem preocupado principalmente os ambientalistas, é o impacto no meio ambiente. Afinal, não estamos só falando no descarte das roupas, mas também na produção. Assim como as roupas são consumidas e rapidamente jogadas fora, a demanda para produzir novos modelos também aumenta. E como a produção não é feita de forma orgânica respeitando o meio ambiente, os prejuízos ambientais são sem tamanho. Além de prejuízos ambientais também existe a infeliz realidade do trabalho escravo, que mesmo em pleno século XXI ainda existe. Por outro lado, temos a economia, que segundo um estudo apresentou um aumento de 400% nos últimos anos, causado pela indústria fast fashion. E aí mora a discussão. Grandes pensadores defendem um controle, ou melhor, uma inspeção para manter este tipo de produção sem que haja tantas consequências sociais e ambientais. Conta para a gente aqui nos comentários a sua opinião;
  • Slow Fashion – Agora vamos falar sobre o slow fashion, ou seja, a moda devagar. Esta também é uma modalidade de produção. No entanto, que respeita o ciclo da terra e transmite nas roupas o quanto a natureza é preciosa e nos oferece tudo o que precisamos sem a necessidade de precisar matá-la para conseguirmos o que queremos. A “moda devagar” ao contrário da “moda rápida” garante aos seus modelos qualidade e conforto, com peças que duram, não agridem o meio ambiente e o ser humano. A grande dificuldade de aquisição dessas roupas confeccionadas de forma consciente, é o valor. Os materiais que são necessários para a produção não são de fácil acesso e manuseio, precisando de um cuidado especial. Por exemplo, o algodão orgânico. A fabricação do algodão convencional pode ser feita com uma logística mais barata e com uso de pesticidas, que diminui o risco de perda da matéria prima. Ou seja, como a produção do algodão orgânico não leva agentes químicos, o risco de uma praga estragar a lavoura é evidente. Por isso, muitos bancos se recusam a fazer empréstimos, por exemplo, já que não existe a segurança do retorno do valor investido. Logo, fica claro o quanto é difícil este tipo de produção e o porquê dos valores fugirem dos padrões.

Estilos

Você sabe qual o seu estilo? Cada um de nós tem a sua própria essência, e nem sempre é possível definir com apenas uma classificação. Separamos uma lista para você com os principais estilos:

  • Streetwear – Se você é nada clássica e gosta de esbanjar sua personalidade cheia de atitude com muitas referências aos centros urbanos, você faz parte do estilo streetwear. As t-shirts, casacos e calças largas são componentes fundamentais de um visual streetwear;
  • Sexy – O estilo sexy valoriza as curvas com decotes e recortes que chamam a atenção para o nosso corpo. As estampas não predominam nesse estilo, as cores sólidas como preto e vermelho. A tendência de lingerie a mostra com os famosos sutiãs de renda se tornaram um clássico de quem prefere visuais sensuais;
  • Clássico ou Tradicional – Este estilo é marcado por peças atemporais, sempre garantindo ainda mais glamour e aquele toque de “mulher executiva poderosa”.  Dentre as peças que ganham mais destaque no look clássico está o cardigã, meia fina, saia lápis, blazer, peças de alfaiataria e trench coat;
  • Romântico – Aaaai as românticas, sempre charmosas e meigas. Se esse é o seu estilo, com certeza no seu guarda-roupa os tons pastéis predominam. As peças têm como principal característica tecidos leves e que não marcam o corpo. As saias e vestidos são os modelitos favoritos;
  • Casual – Com um estilo descontraído e jovem, as personalidades casuais amam um jeans e peças confortáveis. Sempre com estampas neutras e pontos de cor;
  • Elegante e sofisticado – Bastante confundido com estilo clássico, o estilo elegante aposta em roupas com recortes sofisticados dignos de uma princesa. A alfaiataria é bastante predominante nos looks, assim como recortes retos sem muito decote. Um exemplo de estilo elegante é a Kate Middleton. Se identificou? Conta para a gente nos comentários.

roupas verde quetzal

Loungewear

Quem  aí já conhece a tendência loungewear?

Esta moda começou nos Estados Unidos e se popularizou em todo o mundo, garantindo conforto com composições práticas e versáteis. Principalmente durante a pandemia, o tema look home office ganhou os trending topics. Afinal, estar em casa deixa a gente mais à vontade, no entanto, uma vídeo chamada pode surgir e não dá para atender de qualquer jeito. Por isso, a moda loungewear ou ao pé da letra roupa de ficar em casa ganhou ainda mais fama. Vestindo esta tendência você vai desde o look perfeito para uma noite de princesa até uma composição moderna e ideal para uma reunião de trabalho. E é claro, tudo isso com muito conforto.

E é claro, que a tendência não parou só em looks home office. Estilistas do mundo todo inovaram e fizeram roupas na tendência loungewear se tornarem dignas de estarem em uma passarela. Com tecidos e estampas refinados, mas mantendo o design confortável, os modelos estreiam até mesmo em grandes premiações que fizeram história.

moda tendencia shacket looks inverno

E é claro que esta tendência não mudou só o guarda-roupa, mas também ajudou muitas mulheres a renovarem a sua autoestima. Afinal, com a pandemia os eventos sociais praticamente deixaram de existir e a vontade de se arrumar também. Com o loungewear, percebemos que podemos sim ficar bem vestidas com muito conforto, mesmo dentro de casa. Aliás, a roupa vai muito além de ser um item para exibição, elas são um ato de amor próprio pelo nosso corpo e também pela nossa mente. Afinal, se sentir bonita muda cada detalhe do nosso dia, principalmente a confiança.

Conta para a gente nos comentários como estão os seus looks durante a pandemia…

Outwear

Um pouco diferente da tendência loungewear, o outwear veio para trazer ao seu visual um toque a mais de sensualidade. Quem aí já conhece e é fã das lingeries à mostra?

Marcada principalmente pelo uso de lingerie sem bojo com detalhes em strappy e muita renda, o outwear vem ganhando cada vez mais espaço. E o melhor, independente do seu estilo, as combinações vão sempre favorecer as suas curvas e te fazer sentir ainda mais linda.

Preparamos para você algumas dicas de como arrasar com lingerie à mostra:

  • Body em tule – Vamos começar com os bodys em tule que são um clássico da tendência lingerie à mostra. Você pode ousar fazendo uma composição mais sensual ou até mesmo montar um look maravilhoso para o trabalho;
  • Camisa Branca – Sabe aquela camisa branca que está guardada no armário há anos que você acha super sem graça? É hora de tirar o mofo dela e montar uma composição com um sutiã de renda sem bojo e um jeans para fechar seu visual com um toque de modernidade. Você vai arrasar;
  • Strappy – Para quem ainda não conhece o strappy, ele é definido como tiras que criam um desenho geométrico na pele. Este tipo de lingerie a mostra é perfeito para valorizar  qualquer look caidinho e sem graça. Se joga nessa moda!



Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários

PRAIAS MAIS POPULARES DO MUNDO