Você já ouviu falar nos tecidos inteligentes? | We Fashion Trends
Moda Tecnologia

Você já ouviu falar nos tecidos inteligentes?

30 de setembro de 2020

Tecidos-inteligentes-são-aposta-da-moda-para-o-futuro

Sim, você entendeu certo. Tecidos inteligentes já existem! E não, eles não falam ou funcionam como um touchscreen, nem perto disso. Na verdade, embora moda e tecnologia estejam lado a lado nessa criação, esses tecidos podem passar despercebidos por você, já que visivelmente eles não têm nada de diferente. Mas, então, o que é um tecido inteligente?

Giovani Stack, que escreve sobre tecnologia no TECHREVIEWS, explica que esses tecidos usam da nanotecnologia para aprimorar os tipos já existentes. “A manipulação de pequenas partículas do tamanho de átomos tornam as fibras e os fios mais macios e finos. Com essa diferença na estrutura, e aplicação de alguns componentes, é possível criar peças com funções específicas, como os tecidos inseticidas, que afastam os insetos”, esclarece.

Quer aprender mais sobre esses tecidos diferenciados? Confira quatro opções abaixo:

1 . Proteção solar

Um dos mais comuns, já bem difundido no mercado, é o tecido com proteção ultravioleta. A tecnologia uniu algumas estratégias, como nanotubos de carbono, para tornar esse tecido capaz de proteger do sol sem sobrecarregar a pele. Ele tem toque agradável e também previne a formação de maus odores. Fazendo uso desses tecidos é possível evitar queimaduras na pele, manchas e, claro, câncer de pele. Alguns modelos podem ter fator de proteção superior a 50 e bloquear as radiações solares em até 98%.

2 . Antimicrobianos

Adicionando nanopartículas de prata no poliéster ou poliamida esses tecidos ajudam a reduzir a proliferação de fungos e bactérias. Eles controlam os maus odores, portanto, são excelentes opções para palmilhas dos calçados, mas também muito utilizados na confecção de roupas. Eles podem ser lavados muitas vezes sem perder essa característica.

3 . Antichamas

Essa é outra grande inovação que traz segurança para profissionais que trabalham com fogo ou eletricidade, como os bombeiros. Essa tecnologia vem sendo utilizada em alguns Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Eles demoram mais para pegar fogo caso o profissional tenha contato com as chamas.

4 . Inseticidas

A nanotecnologia aplicada nas fibras faz desse tecido um repelente natural. Essa é uma solução bastante prática e funcional para evitar picadas de insetos, especialmente para ser utilizada em regiões mais quentes e úmidas. Também pode servir como proteção para pessoas que trabalham em locais de maior exposição de diferentes mosquitos. Citronela, permetrina e icaridina são alguns componentes usados.

Embora a maioria deles seja utilizado em situações específicas, com o principal objetivo de proteger certos profissionais, com o avanço acelerado da tecnologia é possível que em alguns anos eles sejam comuns na fabricação das roupas mais comuns do dia a dia, garantindo a proteção de todos nós.

Seria um sonho afastar os mosquitos, se proteger do sol e não ter mau cheiro sem aplicar nenhum produto na pele, contando apenas com a própria roupa, não é mesmo?




Você também vai gostar

Comente com o seu perfil do Facebook:

Sem Comentários

Comentários